Apresentação: novo Audi A6

By on 1 Novembro, 2018

Audi A6 Limousine e Avant

Boa proposta         

50 anos depois do lançamento do primeiro A6, chega a Portugal a oitava geração de um dos modelos mais importantes na gama Audi. Os preços começam nos 59.950€ para o Limousine e 62.550€ para a Avant. O Auto+ esteve presente na apresentação nacional e conta-lhe tudo nas próximas linhas

Texto: André Duarte ([email protected])

Em novembro de 1968 a Audi colocou no mercado o Audi A100 (primeira denominação do A6), o primeiro de uma dinastia que o tempo não apagou e se encontra mais viva que nunca. Em Portugal só nos anos 90, já na sua quarta geração, o modelo começou a ser parte integrante do mercado, e desde aí não parou. A versão Avant (A) sempre foi mais apetecível para o público nacional que a Limousine (L), e por isso a marca dos quatro anéis quer equilibrar a tendência, e fazer da versão carro tão desejada quando a carrinha. Desenvolvido sobre quatro pilares – design, digitalização, conforto e desportividade – a Audi quis apurar o seu modelo e dar-lhe um ar mais moderno e tecnológico.

Exterior

A imagem exterior foi revista e o A6 é apresenta agora linhas mais agressivas e definidas, também numa alusão ao original Audi quattro, que lhe acrescentam carácter e personalidade visual. A marca quis criar um rutura num conjunto geneticamente sóbrio e avivar-lhe a estética, que se consegue demarcar da anterior geração.

O modelo tem mais 7 mm de comprimento na versão Limousine e 12 mm na Avant. Em ambos conta com mais 12 mm de distância entre eixos, algo que contribui para um aumento de espaço no habitáculo. O Limousine tem mais 2 mm de altura e 12 mm de largura, enquanto a Avant tem mais 6 mm de altura. As jantes variam entre 17 e 21 polegadas . O coeficiente aerodinâmico também foi revisto, 0,24 (L) e 0,27 (A). Há um total de 15 cores de carroçaria, oito das quais novas. 

Interior

O interior do novo A6 segue a linha dos irmãos A7 e A8 e também do recém apresentado Q8. Mantendo a genética Audi, o maior destaque do habitáculo é a aposta na digitalização, com três ecrãs digitais: Audi Virtual Cockpit (opcional) e dois ecrãs na consola central, o superior de 8,8” (10,1” em opção) e o inferior de 8,6”. Uma evolução tecnológica que contribui para a redução do número de botões, tornado o interior mais ‘limpo’, leve e atrativo. Os bancos são também uma novidade.

Em termos de espaço, há mais 21 mm de comprimento. À frente há mais 7 mm de largura e 9 mm de altura. Atrás há mais 14 mm de altura e 12 mm de espaço para as pernas.

A bagageira, elétrica de série, mantém os 530l (L) e 565l (A), mas apresenta uma disposição retangular que contribui para o seu melhor aproveitamento. Os bancos são rebatidos na proporção 40:20:40 e a mala pode ir até um máximo de 1680l na versão carrinha. Para uma melhor arrumação a mala tem um sistema de calhas; cinta tensora; rede de retenção e dois ganchos de série.

Motores

O Audi A6 vai estar disponível, na fase de lançamento, com duas motorizações: 40 TDI – com motor 2.0 diesel de quatro cilindros com 204 cv, transmissão dianteira e caixa S tronic de sete velocidades e dupla embraiagem; 50 TDI – com motor 3.0 diesel de quatro cilindros com 286 cv, transmissão integral quattro e caixa tiptronic de oito velocidades.

Ambas as motorizações surgem com tecnologia Mild Hybrid (MHEV), que permite reduzir até um máximo de 0,7l/100 km o consumo de combustível, segundo a marca. Para o motor 2.0 TDI através de um sistema elétrico primário (composto por um alternador que funciona em conjunto com uma bateria de iões de lítio) de 12V e de 48V para as motorizações V6. Este permite que o motor se desligue por completo em modo roda livre, e até um máximo de 40s, entre os 55 e os 160 km/h. Por outro lado, o sistema start&stop funciona entre os 7 e 22 km/h (48V) e até aos 15 km/h (12V).

Em março do próximo ano será lançado o Audi S6 BiTDI com 354 cv. Previstos estão também um bloco V6 a gasolina com 340 cv, que irá equipar a versão 55 TFSI, e um 3.0 diesel com 231 cv para a 45 TDI.

Componentes mecânicos

A tração quattro (de série no motor V6) conta com um diferencial central autoblocante. Na versão 40 TDI designa-se ultra. Um sistema estreado no Q5 e que consiste numa embraiagem deslizante que gere a distribuição da potência entre os dois eixos. Desta forma, quando o sistema deteta que não é necessário o recurso ao eixo traseiro, desliga-o, sem comprometer a performance, e volta a acioná-lo assim que necessário. Em opção o diferencial traseiro pode ser desportivo.

O eixo traseiro direcional com controlo dinâmico de direção aumenta a manobralidade, estabilidade e conforto do veículo. Até aos 60 km/h as rodas traseiras viram em sentido contrário às dianteiras (reduzindo o diâmetro de viragem em 1,1 metros) e a partir daí na mesma direção.

A suspensão foi também adaptada por forma a aumentar o conforto e é proposta em quatro variantes: suspensão convencional com molas de aço; suspensão desportiva; suspensão com controlo de amortecimento (regulação eletrónica dos amortecedores); suspensão pneumática adaptativa (regulação manual da elevação do carro e vários programas predefinidos, apenas disponível no 50 TDI).

O Audi Drive Select integra três modos de condução: Efficiency, Comfort e Dynamic. Quando selecionados regulam os sistemas de controlo dinâmico da direção; diferencial traseiro desportivo; controlo do amortecimento; e suspensão pneumática adaptativa.

A plataforma é a conhecida MLB EVO. A rigidez torsional aumentou em 10% e em 30% a lateral. Há um novo teto de abrir, com um aumento da área vidrada em 55%. Nota também para o melhorado conforto acústico.

Sistemas de assistência à condução

Neste capítulo os principais destaques, à semelhança do Q8, são: cruise control adaptativo com “bottle neck assist”, que deteta e centra o veículo de forma autónoma na estrada quando há redução e/ou alteração da faixa de rodagem; engate de reboque com assistência de manobra, permitindo acompanhar esta através das câmaras traseiras no interior.

Equipamento

Entre o equipamento de série, destacam-se: abertura e fecho elétrico da tampa da bagageira; ajustamento elétrico da coluna de direção; Audi connect; Audi Sound System; bancos dianteiros com regulação elétrica incluindo memória para o condutor; estofos em combinação pele/pele artificial; faróis LED á frente e atrás; MMI de navegação com MMi Touch; retrovisor interior com anti-encandeamento automático.

Linhas Sport e Design

Há duas linhas de equipamento, Sport e Design. A primeira destaca-se por: bancos dianteiros desportivos; estofos em combinação alcântara/pele; inserções interiores em alumínio fragmento; jantes de 18” com cinco braços; pacote de luz interior em LED; volante desportivo multifunções de três braços em couro, com patilhas. Já na Design encontramos: elementos na parte superior do tablier em pele artificial; inserções interiores em alumínio fragmento; jantes de 18” multibraços; pacote de luz interior LED. O novo A6 surge disponível em cinco versões: Base, Sport, Design, Design Selection e desportivo S Line (com jantes de 19 polegadas e suspensão desportiva). 

Ao volante

Num curto primeiro contacto com o Audi A6 40 TDI, algumas valências desta nova proposta saltaram de imediato à vista. A começar por um pisar firme e ao mesmo tempo acompanhado por uma sensação de leveza, como se deslizássemos no asfalto. O A6 transmite-nos uma envolvência premium, com um interior que agrada, uma posição de condução confortável e um rolar em estrada que faz jus a um modelo desta gama. A acústica foi melhorada e contribuiu para um ambiente interior envolvente, para o que muito ajuda a aerodinâmica de um veículo que recebe muito bem as velocidades e deliu qualquer contacto com o vento, sem ruídos. O Audi A6 permite-nos uma abordagem segura e delicada em percursos sinuosos e transmite elegância e agrada em viagens. A instrumentação digital no interior, a um primeiro olhar requer alguma habituação, mas no primeiro contacto que tivemos, agradou pelo arrojo e inovação. A versão 40 TDI que testámos revelou-se uma proposta de sólidos pergaminhos e pena mesmo foi o facto de a viagem ser curta. Venha o ensaio.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)