BMW M1 ressuscitado… em peças de Lego

By on 8 Abril, 2019

Começa a ser moda fazer automóveis em peças de Lego e o BMW M1 ressuscitou graças a essas pequenas peças de plástico intermutáveis, criadas por Ole Kirk Christiansen, um norueguês, em 1949 e das quais já foram produzidas mais de 600 mil milhões de unidades.

Com algum jeito e as peças certas, alguém muito apaixonado pela BMW e pelo M1, criou duas versões do modelo, a de estrada e a de competição. O primeiro utiliza 986 peças, enquanto o mais completo carro de corridas gastou 1059 peças. Ambos os modelos têm portas funcionais, capô a abrir, direção e luzes, parecendo prontos para a Lego começar a fazer edições especiais.

Mas para que isso aconteça, terá de receber a aprovação da Lego. E também a sua, pois pode votar aqui para que os modelos possam entrar em produção. 

Recordamos que  BMW M1 foi o primeiro super desportivo da casa de Munique e foi desenhado por Giorgetto Giugiaro e era montado em Turim antes de seguir viagem para Munique onde era finalizado. Continua a ser, hoje, o primeiro e único superdesportivo da BMW, é um carro raro pois só se fizeram 453 unidades e por isso o seu valor de mercados oscila entre os 750 e o milhão de euros.

Veremos quando é que estes M1 estarão à venda e por que preço.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)