BMW vai acabar com a produção do i8 em abril

By on 15 Janeiro, 2020

O desportivo híbrido da BMW disponível nas versões coupé e cabriolet, vai chegar ao final da sua vida já no mês de abril.

Quase seis anos depois de ter sido lançado, o BMW i8 vai enfrentar o final de produção no mês de abril, não recebendo um sucessor. Com a mudança de foco da casa bávara para os veículos elétricos, um sucessor do i8 não fazia muito sentido lado a lado com modelos como o iX3 SUV, o i4 e o iNext SUV. Porém, a gama da BMW não deixará de contar com um desportivo do género do i8, mas totalmente elétrico e feito com base no protótipo Vision M Next, naquele que será o renascimento do M1, mas em elétrico. Chegará nos próximos cinco anos.

Recordamos que o i8 chegou ao mercado em 2014 como um topo de gama híbrido com 2+2 lugares e uma mecânica híbrida assente num bloco de 1.5 litros a gasolina sobrealimentado com um motor elétrico acoplado, oferecendo 360 CV numa primeira fase, 372 CV na fase final depois de renovação de meio de ciclo.

O que será o futuro modelo é pura especulação, pois não há nada de informação. Apenas que o i8 terminará a sua caminhada em abril deste ano depois das vendas serem cada vez menores: em 2018 a BMW vendeu menos de 1500 unidades e fechou 2019 com pouco mais que um milhar de unidades.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)