BMW Vision M Next mostra como serão os desportivos da marca no futuro

By on 25 Junho, 2019

A BMW já tem um desportivo híbrido com motor central traseiro, chama-se i8 e parecia que não teria sucessor. Pois muito bem, este Vision M Next mostra que o i8 terá sucessor e muito mais músculo.

O protótipo, mostrado através de uma apresentação feita online, explora a mesma ideia do BMW i8, mas desta feita com muito mais potência – cerca de 600 CV – e várias inovações. O Vision M Next é a antítese do Vision i Next que a casa bávara apresentou o ano passado, mas ambos são a visão daquilo que será a BMW no futuro. Por um lado um modelo familiar totalmente elétrico, com dimensões de SUV, do outro lado um superdesportivo híbrido de elevadas performances. Ou seja, o futuro da BMW não irá trair a sua herança nem o seu ADN.

O Vision M Next é, logicamente, inspirado no i8 e recebe, também, uma mecânica híbrida que passa de 374 CV para 600 CV, sendo capaz de chagar dos 0-100 km/h em 3 segundos (o i8 faz o mesmo em 4,4 segundos), com uma velocidade máxima de 300 km/h.

No lugar do três cilindros com 1.5 litros, surge um bloco de quatro cilindros e dois motores elétricos mais potentes. Porém, aquelas cifas de desempenho só serão possíveis ativando o modo “Boost+”, com o computador de bordo a sugerir ao condutor a altura ideal para usar esse modo.

O Vision M Next, diz a BMW, é uma forma de revelar o futuro da BMW no que toca ás opções da marca, mas vemos aqui neste modelo o substituto do i8 e, quem sabe, do M1, carro que nunca conheceu descendente e que é dos mais reconhecidos dentro da gama BMW. Aliás, se olharmos para alguns detalhes, podemos ver detalhes da criação de Giorgetto Giugiaro no Vision M Next: as persianas por cima da cobertura do motor, a forma como a traseira termina e a frente afilada. Não espantaria que um carro fora da esfera da BMW i e dentro da M Performance pudesse surgir daqui a um par de anos.

O interior do Vision M Next é acedido através de portas que abrem para cima, depois do sistema reconhecer a face do utilizador. Depois, encontramos bancos desportivos e um ecrã curvo a fazer de painel de instrumentos atrás de uma manche que faz de volante. Esta arrumação será vista no modelo de série do Vision iNext, o SUV elétrico qe chega ao mercado em 2021. Um “head up display” ajuda a controlar todas as funções.

Faróis laser, utilização de fibra de vidros forrada a fósforo, utilização de tecido de microfibras ao invés de aposta massiva no cabedal, tejadilho em fibra de carbono reciclada, enfim, tudo o que se pode esperar de um carro do futuro. E com uma autonomia em modo elétrico de 100 km.

Uma silhueta espetacular, uma mecânica híbrida potente e utilização de materiais modernos, deixam os adeptos da marca a salivar por um modelo que está mais perto do futuro que do presente e por isso dificilmente será capaz de ressuscitar o M1. Até porque a BMW está apostada em ser líder nos SUV e tem a eletrificação a correr a todo o gás. Mas acreditamos que este Vision M Next terá futuro e com os responsáveis da BMW a carregarem na tecla do prazer de condução, só podemos desejar, ardentemente, que a casa bávara faça alguma coisa com este protótipo.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)