Carlos Ghosn criou empresa de investimento com dinheiro da Nissan

By on 28 Agosto, 2019

Segundo o Wall Street Journal, Carlos Ghosn formou uma empresa de investimento em Silicom Valley, com o seu filho, investindo em “startups” com o dinheiro ganho com um negócio da Nissan em Oman.

Segundo o jornal norte americano, existem provas documentais de como o dinheiro foi parar a esse fundo de investimento localizado em Silicon Valey. Dinheiro esse que foi do Oman para os EUA sem que Ghosn tenha informado a Nissan de ter começado um negócio com a Suhail Bahwan Automobiles, distribuidor da Nissan no Oman.

As acusações feitas no sultanado dizem que, alegadamente, Ghosn roubou dinheiro à Nissan ao conseguir que a marca japonesa tivesse entregue 10 milhões de dólares ao distribuidor local, sendo que 5 milhões foram enviados para Ghosn através da empresa sediada no Líbano, a Good Faith Investments.

As acusações vão se amontoando e já esta semana, um juiz das Ilhas Virgens britânicas, emitiu uma ordem para evitar que Ghosn venda o seu barco. Isto numa altura em que a família de Carlos Ghosn tinha encontrado um comprador para o Navetta 37, um barco que foi comprado pela Good Faith Investments por 11,2 milhões de dólares em 2015. Caso venda o barco, a família terá de depositar o dinheiro á ordem do tribunal até que o caso seja finalizado.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)