Carlos Ghosn move processo à Nissan e à Mitsubishi e exige 15 milhões de euros

By on 22 Julho, 2019

A Reuters noticiou o processo que Carlos Ghosn instaurou à Nissan e à Mitsubishi, exigindo 15 milhões de euros de indemnização.

O processo foi instaurado em Amsterdão, Holanda, e está em apreciação para ser marcada a data do julgamento. Segundo o advogado de Ghosn, Laurens de Graaf, em declarações a um jornal holandês, “na Holanda, quando uma empresa deseja despedir um executivo, primeiro tem de lhe dizer do que está a ser acusado e tem de apresentar provas dessa acusação. Curiosamente, nenhuma dessas duas situações aconteceram com a demissão de Carlos Ghson.”

Recordamos que Carlos Ghosn tem estado a entrar e a sair da cadeia no Japão desde novembro, acusado de conduta financeira imprópria, alegando a Nissan e a Mitsubishi que Ghosn apropriou-se, indevidamente, 9 milhões de dólares em salários. Saiu da prisão em abril com uma caução de 4,5 milhões de dólares.

O ex-presidente da Nissan e da Mitsubishi tem cidadania frsancesa, libanesa e brasileira, mas tem domicilio fiscal na Holanda desde 2012. E a holding que governa a Nissan e a Mitsubhsi também tem domicilio fiscal na Holanda, dai que Carlos Ghosn tenha colocado o processo naquele país.

Caso seja condenado, Carlos Ghosn pode enfrentar uma pena até 15 anos de prisão e uma multa de 1,4 milhões de dólares.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)