Comprar carro: caixa de velocidades manual ou automática?

By on 7 Janeiro, 2019

Quando pensamos em comprar um carro, a dúvida pode surgir: devo optar porque tipo de caixa de velocidades, manual ou automática? Para esclarecer esta questão, em seguida explicamos as diferenças e vantagens de cada uma.

Caixa de velocidades manual

– é a chamada caixa em ‘H’ e hoje em dia têm 5 ou 6 velocidades;

– implica sempre que a utilização da embraiagem e do seletor para mudarmos de mudança;

– podemos controlar facilmente a resposta do motor e gerir bem o nosso tipo de condução, porque a mudança de velocidade depende sempre do condutor;

– permite-nos mais facilmente gerir a nossa condução: mais económica ou desportiva. Tudo depende das rotações em que mudamos de mudança, mais baixas ou elevadas;

– a mecânica é mais simples e por isso a manutenção é mais económica face a uma caixa de velocidades automática;

– o preço de um carro com caixa de velocidades manual é inferior ao preço de um carro com caixa de velocidades automática;

– podemos controlar melhor os consumos, porque cabe ao condutor decidir quando troca de velocidade;

Caixa de velocidades automática

– há várias variantes, entre elas: automatizada/robotizada; automática tradicional; variação contínua (CVT); dupla embraiagem;

– os carros não têm pedal de embraiagem, têm apenas de pedais de travão e acelerador;

– as caixas de velocidades automáticas variam no números de velocidades que têm, mediante as marcas e modelos: geralmente têm entre 6 a 9 velocidades.

– por norma o seletor tem quatro posições: P (parque); R (marcha-atrás); D (carro engatado); N (ponto morto); uma vez selecionada a posição D a mudança de velocidade é feita de forma automática (a não ser que tenhamos patilhas no volante), sem intervenção do condutor;

– as caixas de velocidades automáticas têm um escalonamento padrão fixo para a troca de mudanças, ou seja, independentemente da nossa condução as caixas mais elementares estão padronizadas para fazerem as passagens de caixa sempre no mesmo ponto/momento (seja para pôr uma mudança acima ou reduzir);

– devido ao focado no tópico anterior, os consumos são tendencialmente superiores num modelo com caixa de velocidades automática face a uma caixa de velocidades manual. Nesta última podemos gerir melhor a nossa condução, porque as passagens de caixa de velocidades dependem de nós, no primeiro caso não;

– a mecânica de uma caixa de velocidades automática é mais complexa;

– o preço de um carro com caixa de velocidades automática é superior ao preço do mesmo carro com caixa de velocidades manual;

– dão um maior conforto de utilização face às caixas de velocidades manuais. Pelo facto de serem automáticas, deixamos de ter de nos preocupar com as passagens de caixa, temos apenas de acelerar e travar. Principalmente em cidade, são um grande descanso e desgastam muito menos quem está ao volante;

Considerações finais: caixa de velocidades manual vs automática

A escolha depende, acima de tudo, das nossas preferências e tipo de utilização. Nesse sentido, aqui ficam algumas considerações:

– um carro com caixa de velocidades manual tem um custo inferior a um com caixa de velocidades automática. A mecânica também é mais simples. A caixa de velocidades manual é ideal para carros utilizados maioritariamente em grandes viagens em autoestradas, por não termos de a ela recorrer com frequência. Por outro lado, se quisermos uma condução mais viva e desportiva, também são a melhor opção, dado que as passagens de caixa no seletor dão um grande prazer neste contexto. No entanto, se andarmos maioritariamente em percursos urbanos, a ter de tirar e pôr mudanças constantemente, aí revela-se mais desgastante para a condução;

– em plano naturalmente inverso, um modelo com caixa de velocidades automática tem um preço superior a um com caixa de velocidades manual. Porém, as caixas de velocidades automáticas garantem um maior conforto de utilização, porque (exceção feita às patilhas no volante, que só utilizamos se quisermos) deixamos de ter de nos preocupar com o pôr e tirar mudanças, tudo é feito autonomamente. Uma vantagem muito maior do que pode aparentar à primeira vista. Por outro lado, há caixas de velocidades automáticas com a possibilidade de se selecionar entre modos de condução – normal ou desportivo – mediante a nossa preferência de condução. Apesar do custo superior do veículo, as caixas de velocidades automáticas terão menor desgaste mecânico, porque tudo é feito autonomamente, e tornam a condução muito mais simples e tranquila, porque temos apenas de nos preocupar em acelerar e travar, independentemente de onde estamos, meio urbano ou fora dele. São um descanso ao volante em todos os ambientes e permitem-nos poupar muito o corpo, principalmente quando circularmos em cidade.

 

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)

Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)

Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Please Login to comment