FCA vai investir mil milhões de euros no Alfa Romeo Tonale e no Fiat Panda

By on 6 Setembro, 2019

Está decidido: a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) vai investir cerca de mil milhões de euros para levar à produção o Alfa Romeo Tonale e o Panda com mecânica híbrida.

Este investimento será feito na unidade de produção de Pomigliano, perto de Napoles, Itália, segundo comunicaram os sindicatos, e está englobado no plano anunciado pela FCA em 2018 que previa o investimento de 5 mil milhões de euros até 2021 em Italia. Com este investimento, o grupo italo-americano vai conseguir lançar os seis primeiros modelos elétricos e híbridos e esgotar a capacidade de produção das unidades fabris italianas.

A produção começará no início de 2020, ainda segundo comunicação dos sindicatos. E um porta voz da FCA já veio confirmar o anúncio dos sindicatos, deixando claro que o Tonale e o Panda vão custar mais perto dos mil milhões que dos 500 milhões. O mesmo porta voz confirmou que a fábrica de Pomegliano irá produzir, ao lado do Panda, um SUV Premium Compacto, não confirmando que seja o Tonale. O Panda começará a ser produzido na primeira parte do ano, com o Tonale a chegar só na primeira metade de 2021.

Já começaram os trabalhos em Pomigliano, mas a FCA já tinha iniciado os investimentos na sua rede de produção com 700 milhões de euros gastos na mítica fábrica de Mirafiori, em Turim, para produzir o 500 elétrico a partir do segundo trimestre de 2020. Versões híbridas do Jeep Compass e do Renegade e também do Maserati Levante, estarão à venda no próximo ano.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)