Kia e-Niro… ao ataque no mercado dos elétricos

By on 21 Janeiro, 2020

Apontado como o primeiro crossover da Kia totalmente elétrico, está a chegar o e-Niro, modelo que deverá permitir mais de 450 quilómetros de autonomia em ciclo combinado WLTP, pronto a bater-se por um lugar à boca do carregador com os EVs mais vendidos do mercado. 

A Cidade do Futebol, em Oeiras, às portas de Lisboa, foi o palco escolhido pela Kia para a apresentação do novo Kia e-Niro, um crossover dotado de um motor cem por cento elétrico, livre de emissões poluentes, capaz de permitir, segundo o construtor, 455 km de autonomia, graças à bateria de polímeros de iões de lítio de 64 kWh, de alta capacidade, o primeiro crossover totalmente elétrico produzido pelo construtor sul-coreano que se junta agora ao e-Soul como as propostas de veículos elétricos permitidas pela Kia.

A eficiência energética elétrica aliada ao espaço e ao carácter prático de um crossover, tecnologias inovadoras para recolher e conservar a energia elétrica e uma gama abrangente de sistemas de assistência ao condutor, são algumas das principais características deste novo Kia e-Niro que vem completar a gama ecológica do crossover Niro, juntando-se às versões Hybrid e Plug-in Hybrid.

A autonomia anunciada de 455 km no ciclo combinado WLTP surge como um trunfo para quem procura um veículo elétrico competente, com um design agradável e consensual , espaço interior bem dimensionado e materiais de qualidade. Isso mesmo, aliás, foi destacado na apresentação deste modelo por João Seabra, diretor-geral da Kia Portugal, para quem o Kia e-Niro “é a demonstração clara de que a mobilidade sustentável pode andar de mãos dadas com a emoção e com a versatilidade.”

“Ao aliar o espírito de crossover com uma motorização elétrica de elevada autonomia, o e-Niro assume o seu lugar de amigo do ambiente, mas também o de parceiro das famílias e da sua liberdade de viajar sem constrangimentos”. João Seabra, que nesta apresentação deu conta daquilo que a Kia chama de “Plano S” para a futura ofensiva da marca nos modelos eletrificados, lembrou ainda que “a Kia detém atualmente uma das gamas ecológicas mais extensas em Portugal”, o que demonstra “o compromisso e a competência tecnológica que têm afirmado a marca em todo o mundo”.

Revelando a expectativa da Kia que aponta para que as vendas anuais de automóveis elétricos em toda a Europa possam aproximar-se de um milhão de unidades no final de 2022, ao mesmo tempo que se prevê que o mercado dos crossovers continue também a expandir-se nos próximos anos, o responsável da marca em Portugal aponta como meta o alcançar de uma quota de 29% de unidade Kia entre os 6.000 veículos eletrificados que estima possam ser comercializados em Portugal em 2020.

Projetado nos centros de design da Kia na Califórnia (EUA) e Namyang (Coreia), o e-Niro incorpora o carácter prático e o apelo de um crossover numa carroçaria elegante e aerodinâmica, diferenciando-se dos já existentes Niro Hybrid e Niro Plug-in Hybrid por um vasto conjunto de recursos exclusivos de design. A grelha “tiger nose ” possui uma porta de carregamento integrada, com o logótipo Niro gravado em relevo, combinada com um para-choques dianteiro também totalmente novo, para uma identidade familiar.

O e-Niro está equipado com novas jantes de liga de alumínio de 17 polegadas e acabamento diamantado em dois tons, as quais alojam, de resto, o sistema de travagem regenerativa. Na parte traseira, os reformulados para-choques apresentam também elementos de destaque azuis, que combinam com os da parte dianteira. Ao mesmo tempo, o design da luz traseira LED dá ao e-Niro a assinatura luminosa que caracteriza o modelo nas versões Hybrid e Plug-in Hybrid.

Design cuidado e espaço generoso

No habitáculo, o e-Niro procura conjugar o design moderno com o espaço generoso. Na consola central, o comando da caixa de velocidades foi substituído por um novo seletor rotativo shift-by-wire, situado num painel marcadamente ergonómico que se projeta a partir da base do apoio de braços central. Por ali encontramos ainda os botões do travão de estacionamento elétrico, dos bancos aquecidos e ventilados, do volante aquecido, do seletor do modo de condução, dos sensores de estacionamento e da função “Auto Hold”. A juntar a tudo isto, e porque deixou de ser necessária a existência de um túnel da transmissão volumoso, os designers da Kia criaram uma zona de arrumação mais ampla na base da consola.

O ecrã tátil de 7,0 polegadas HMI (interface homem-máquina), localizado no centro do tablier, permite, por exemplo, localizar pontos de carregamento nas proximidades e monitorizar a carga e a autonomia restantes, sendo também possível quantificar a diminuição das emissões de CO2, quer na viagem quer no acumulado, em comparação com um veículo a gasolina com dimensões idênticas. O HMI permite ainda definir uma hora de partida aproximada para a próxima viagem, fazendo com que o e-Niro aqueça até uma temperatura pré-definida antes de o condutor arrancar. A função de carregamento inteligente, por seu lado, gere a quantidade de energia elétrica que é fornecida à bateria durante o carregamento, contribuindo assim para o prolongamento da sua vida útil.

Em termos de espaço no habitáculo, a distância entre eixos de 2700 mm permite um generoso espaço para as pernas, enquanto os 1805 mm de largura e os 1560 mm de altura da carroçaria oferecem espaço suficiente para a cabeça e  ombros. Por fim, na bagageira, 451 litros de espaço de carga colocam este modelo no topo desta oferta relativamente ao que é permitido pelos demais veículos elétricos e plug-in. Refira-se que a bagageira beneficia de uma zona de arrumação sob o piso, onde o condutor pode guardar o cabo de carregamento.

Relativamente ao conjunto propulsor, o e-Niro comercializado em Portugal, de tração dianteira, conta com um motor elétrico de 150 kW (204 cv), que produz 395 Nm de binário e lhe permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 7,8 segundos. A bateria de polímeros de iões de lítio de alta capacidade, de 64 kWh, oferece no ciclo combinado WLTP uma autonomia de 455 quilómetros entre carregamentos. Já no ciclo urbano WLTP, o construtor refere uma autonomia para o e-Niro de até 615 km.

Por último, relativamente aos preços de venda ao público e à garantia, esta acompanha o que é norma em todos os modelos da Kia, permitindo sete anos de garantia que abrange também a bateria e o motor elétrico, sendo este modelo elétrico proposto para o mercado português por um preço final de lançamento de 45.500 euros a cliente particular. A aquisição por parte de empresas, pelo facto de merecer uma análise fiscal diferenciada, pode ser feita por 35.800 euros, valor aqui referido sem a incidência do IVA.

Jorge Reis

KIA E-NIRO – DADOS TÉCNICOS (PT)

Motor elétrico

Tipo                             Motor síncrono (CA) de ímanes permanentes

Tensão                        356 V

Potência máxima        204 cv (150 kW) entre as 3800 e as 8000 rpm

Binário máximo          395 Nm entre as 0 e as 3600 rpm

Bateria de autonomia longa

Tipo                                                     Polímero de iões de lítio

Tensão                                                356 V

Energia                                                64 kWh

Potência                                              170 kW

Corrente                                              180 Ah

Carregador de bordo                           7,2 kW

Jantes e pneus

Série                                                    Liga leve, 17 polegadas, pneus 215/55 R17

Sobresselente                                     Tyre mobility kit 

Dimensões (mm)

Exterior

Comprimento total                             4375

Largura total                                       1805

Altura total                                         1560

Distância entre eixos                          2700

Pesos (kg)                               

Tara (máx.)                                         1791                

Tara (mín.)                                          1737                

Peso bruto                                           2230                

Prestações e autonomia                                 

Velocidade máxima (km/h)               167                  

Auton. máx. do veículo                       455 km            

Consumo de energia                           159 Wh / km   

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)