Lightyear revela o seu primeiro modelo elétrico movido a energia solar

By on 25 Junho, 2019

O pequeno construtor holandês revelou o One, modelo que a Lightyear promete ser capaz de recarregar as baterias numa tomada ou através da energia solar.

Pode parecer uma utopia ou uma sandice qualquer, mas o Lightyear One é para ser encarado a sério, pois as 100 primeiras unidades já estão todas reservadas! 

A base de tudo isto é algo que há 64 anos os americanos da General Motors tentaram que funcionasse com o Sunmobile, mostrado no Salão de Chicago de 1955. Não resultou e a ideia ficou arrumada na poeira da história. Porém, nunca saiu da visão periférica dos engenheiros ao longo de décadas.

A primeira marca a lançar-se para o desconhecido foi a Lightyear, pequeno construtor holandês, que acaba de revelar o seu primeiro automóvel elétrico de produção em série capaz de se recarregar com energia solar. Tem o nome de “One” e é o fruto de um trabalho de três anos de uma equipa formada em 2016 com antigos membros da Solar Team Eindhoven. A empresa não divulgou grandes detalhes, apenas que o carro tem 5 metros quadrados de células fotovoltaicas – integradas num vidro protegido – que permitem recarregar as baterias oferecendo, assim, uma autonomia de 725 km em ciclo WLTP.

Contas feitas, o Lightyear One é capaz de absorver o equivalente a 20 mil quilómetros de energia solar por ano. Claro que as baterias podem ser recarregadas pelo método convencional e numa tomada doméstica, 10 horas serão suficientes para 400 km de autonomia. Num carregador rápido, o tempo diminuirá sensivelmente, mas não foram indicados tempos.

A Lightyear anunciou que o One já tem 100 clientes que sinalizaram o carro que tem um preço de 119 mil euros, sendo que as primeiras entregas estão previstas para 2021.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)