Linda Jackson pode deixar o cargo de CEO da Citroen

By on 18 Outubro, 2019

Segundo a revista alemã Automobilwoche, Linda Jackson poderá ser substituída no cargo de CEO da Citroen por Vincent Cobee.

Citando fontes anónimas, a revista alemã diz que a primeira mulher britânica e apenas a terceira mulher a dirigir um construtor automóvel, Linda Jackson, estará a caminho de ser substituída por um ex-executivo da Nissan e da Mitsubishi. A britânica assumirá outro papel no PSA Group.

O nome do substituto de Linda Jackson é Vincent Cobee, um francês que já desempenhou outros cargos na Nissan e que até abril era o responsável pela produção da Mitsubishi. A recente mudança na cúpula de gestão da Aliança Renault Nissan Mitsubishi, na sequência do escândalo de Carlos Ghosn, trocou quase todos os gestores de topo. A PSA recusou comentar estas mudanças e a potencial saída de Linda Jackson, mas Vincent Cobee, foi confirmado pelo grupo francês, assumiu um cargo na equipa de gestão da Citroen. Caso se confirme a troca de Jackson por Cobee, o francês terá como responsabilidade melhorar as vendas da Citroen fora de França, pois a quota de mercado europeia era de 4,5% quando Linda Jackson chegou e manteve-se sem 

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)