Markus Duesmann é o novo CEO da Audi no lugar de Bram Schot

By on 18 Novembro, 2019

O AUTOMAIS já o tinha dito, a confirmação surge agora: Markus Duesmann, antigo executivo da BMW, foi nomeado como o novo CEO da Audi.

O ex-BMW vem ocupar o lugar de Bram Schot, que sai de “mutuo acordo” com a Audi, menos de dois anos depois de ter assumido o lugar. Duesmann só irá assumir o lugar no dia 1 de abril de 2020, conforme comunicado enviado pela Audi. O executivo de 50 anos está na indústria automóvel desde 1992. Esteve na Mercedes como engenheiro de motores diesel, passou pela Fórmula 1 como responsável pelo desenvolvimento da equipa BMW Sauber. 

Chegou ao conselho executivo da BMW em 2016 e mais recentemente era o responsável das compras. Saiu em julho deste ano e eseve sempre ligado ao cargo que acabará por ocupar em 2020.

Para Herbert Diess, o patrão do grupo VW e o presidente do conselho de administração da Audi, o novo CEO, “e um excelente engenheiro e certamente tudo fará para conseguir elevar o potencial da marca Audi e voltar a demonstrar o famoso ‘Vorsprung durch Technik’”.

Bram Schot, 58 anos, foi o responsável pelas vendas da Audi até que foi requisitado para substituir Rupert Stadler, encarcerado no âmbito do Dieselgate. Foi ele que iniciou o processo de simplificação da gama da Audi e a colocar o foco na eletrificação. Dele disse Peter Mosch, o presidente executivo da casa de Inglostadt, “foi o homem certo na altura certa para a Audi. Inicio uma transformação cultural no sentido de ter menos hierarquias, maior abertura e um sistema de valorização mais claro.” Não foi suficiente e sai para dar o lugar a Markus Duesmann.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)