Mercado europeu cresceu 21% em dezembro de 2019

By on 21 Janeiro, 2020

O mês de dezembro assistiu a um aumento de vendas enorme de 21% devido a grande antecipação de compras antes da entrada em vigor das novas regras de emissões.

A venda de carros novos aumentou para 1,26 milhões de veículos na União Europeia e na EFTA (European Free Trade Association). Este ganho em dezembro, levou as vendas globais para 15,8 milhões de unidades, depois de um decréscimo de vendas em 2018 face a 2017. Claro está que a comparação é feita com um ano de vendas baixas e que as marcas tentaram vender o mais possível os modelos com maiores emissões de CO2.

Os vencedores de 2019 são vários, com destaque para a Porsche que depois de um ano de 2018 com muitos problemas de fornecimento, conseguiu um crescimento de 63%. A Seat cresceu 35%, a Audi aumentou vendas 31%, enquanto que a Skoda cresceu 23% e a Volkswagen 13%. Uma excelente performance para o grupo VW.

O grupo Renault cresceu 23%, com a marca Renault subiu 22% e a Dacia, 23%. A Ford viu as vendas subirem 20%. Quanto à Fiat Chrysler Automobiles (FCA) viu as vendas subirem 14%, com a Fiat a subir 25%, a Alfa Romeo cresceu 1% e a Jeep recuou 8%.

Entre os asiáticos, a Hyundai cresceu 24%, a Nissan subiu 23%, a Toyiota 20% e a Kia cresceu 9%. A BMW e a Mercedes cresceram 21% e 7,9%, respetivamente.

A França subiu 28%, a Alemanha cresceu 20% e em Itália o mercado subiu 13%. Em Espanha o mercado subiu 7% e o Reino Unido subiu 3,4%.

Curiosamente, o mercado da Suécia mais que duplicou face a igual período de 2018 (de 23 mil para 48.129 unidades), o mesmo sucedendo na Holanda, onde as vendas em dezembro subiram de 19.842 unidades em 2018, para 42.436 em 2019.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)