Mitsubishi investigada por uso ilegal de dispositivos fraudulentos

By on 22 Janeiro, 2020

A marca japonesa está a ser investigada pelo ministério público alemão devido à utilização de dispositivos ilegais nos motores diesel.

As autoridades alemãs estão a investigar os motores diesel de 1.6 e 2.2 litros com 4 cilindros e ciclos Euro 5 e Euro 6, pedindo aos proprietários destes modelos desde 2014 que entrem em contacto com a polícia.

A polícia e os procuradores públicos visitaram 10 locais diferentes em todo o território alemão, com particular atenção a instalações em Frankfurt, Hanover e Regensburg. Curiosamente, três dos locais visitados pertencem à Continental, sendo que a firma alemã está a colaborar com as autoridades. 

Um porta voz da Mitsubishi já veio confirmar que a marca está a ser investigada na Alemanha, mas não adiantou mais nenhum detalhe. Seja como for, a Mitsubishi Europe é apenas um importador e por isso não esteve envolvida na produção dos eventuais veículos que possam estar envolvidos no caso.

Seja como for, as autoridades estão a investigar um membro que faz parte da Mitsubishi, por fraude, uma divisão de um grande importador internacional e dois fornecedores de peças, tudo parte desta investigação do ministério público.

O Dieselgate nasceu há cinco anos e a indústria automóvel continua a ser abanada por investigações semelhantes um pouco por todo o lado.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)