Mitsubishi vai apostar tudo nos SUV e na eletrificação

By on 23 Maio, 2019

A casa japonesa vai reorganizar totalmente a sua gama e abrir espaço para colocar modelos entre o Outlander, Eclipse Cross e ASX.

Desenhada pela liderança da empresa, agora na posse da Nissan e parte da Aliança Renault Nissan, a nova estratégia entrará em vigor em 2020 e é possível devido às sinergias possíveis dentro do Aliança. Desde 2016 que a Mitsubishi faz parte do grupo Renault e Nissan, pelo que tem acesso a novas plataformas e economias de escala importantes.

Para acomodar novos modelos entre os já existentes, haverá uma diferença de 20 cm entre cada carro, tornando assim a gama Mitsubishi muito semelhante à da Nissan. Ou seja, o Outlander, Eclipse Cross e ASX equivalem-se a X-Trail, Qashqai e Juke. Ou seja, o Outlander terá de crescer, o ASX vai encolher e o Eclipse Cross ficará igual.

A Mitsubishi continuará a oferecer motores a gasolina e gasóleo, mas com incremento das versões híbridas e a chegada da eletricidade. Como? O Outlander vai continuar PHEV, o Eclipse Cross terá variantes Plug In e híbrido convencional e o ASX uma variante elétrica. 

O Engelberg Tourer, apresentado em Genebra, é o novo Oultlander. Tem tração integral, sistema híbrido Plug In com um motor 2.4 litros e uma bateria de 20 kW e dois motores elétricos, um à frente e outro atrás e terá uma autonomia de 70 km de autonomia.

A base da gama será assegurada pelo Space Star, que receberá uma nova geração e eletrificação, desejando a Mitsubishi que o carro seja mais bem-sucedido, estando a tentar encontrar um novo nome e uma configuração diferente do carro, nascido em 2012.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Deixe um comentário

Please Login to comment