Nissan dispensa 20% da força de trabalho da sua fábrica de Barcelona

By on 10 Maio, 2019

A Nissan Espanha, num comunicado enviado na quinta feira, anunciou o corte de 600 postos de trabalho, quase 20% da força de trabalho, na unidade de produção de Barcelona. 

A decisão já foi tomada há algum tempo, tendo estado a decorrer negociações com os sindicatos e o acordo estabelecido levará o corte a ser feito através de pré-reformas e mutuo acordo. O processo começará no dia 13 de junho e prolongar-se-á até ao final de março de 2020, término do ano fiscal da Nissan.

Esta decisão era indispensável, reflete a Nissan, para “manter a produção na unidade de Barcelona” sendo que o diretor da fábrica, Genis Alonso, sustentou que “o acordo permite-nos tirar vantagem de uma futura oportunidade oferecida pela Nissan para manter a construção de automóveis em Barcelona.” Apesar desta redução do efetivo da unidade espanhola, a Nissan vai investir 70 milhões de euros numa totalmente nova unidade de pintura topo de gama. 

Recordamos que a Nissan possui cinco centros de produção em Espanha localizadas em Barcelona, Avila e Cantábria, que empregam um total de 5 mil pessoas. Em Barcelona é produzida a Nissan Navara e os “irmãos” Renault Alaskan e Mercedes Classe X, além do NV200 e o e-200, além de ter produzido o Pulsar.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Deixe um comentário

Please Login to comment