Novo GLE Coupe é o oitavo SUV da Mercedes

By on 28 Agosto, 2019

Rival do recentemente apresentado BMW X6, o novo Mercedes GLE Coupe é o oitavo SUV da marca alemã.

O carro será lançado em Frankfurt, mas a Mercedes decidiu revela-lo desde já e terá o carro à venda em 2020. São já oito os SUV da Mercedes, o que deixa claro a importância deste tipo de modelo na gama da casa de Estugarda. O GLE Coupé vem juntar-se a um grupo ilustre que conta com o Audi Q8, BMW X6, Porsche Cayenne Coupé e o Range Rover Velar.

A base do modelo é a mesma do GLE, mas o Coupé é mais comprido 15 mm que o anterior e é 63 mm mais largo. Maior é, também, a distância entre eixos (20 mm) mas é mais curto 60 mm que o anterior modelo. O tejadilho esta colocado 56 mm mais baixo que o GLE (1722 mm de altura), sendo que a Mercedes diz que a eficiência aerodinâmica melhorou 9% face ao modelo anterior.

O carro é igual até á base do pilar A ao GLE, sendo totalmente diferente dai para trás. Diferenças? Para brisas mais inclinado, um óculo traseiro muito inclinado que se une ao tejadilho encurvado. A traseira é totalmente nova. As jantes vão das 19 ás 22 polegadas, dependendo do nível de equipamento.

O interior é, praticamente, igual ao GLE, exceto os bancos mais desportivos e o revestimento do volante. O sistema Amazon Music será oferecido no lançamento. A Mercedes reclama que o interior oferece mais espaço que anteriormente, graças à maior distância entre eixos e portas com maior acessibilidade. A bagageira também aumentou, mas escassos cinco litros face ao anterior modelo. O banco traseiro rebate na proporção 40/20/40 e nesse caso, a bagageira ganha quase 70 litros face ao anterior modelo. A suspensão pneumática e pode fazer a distância ao solo reduzir-se mais 50 mm.

A afinação do chassis do GLE Coupé, diz a Mercedes, é diferente do normal GLE, oferecendo de série a suspensão pneumática e como opcional o Active Body Control com tecnologia de 48 volts. 

No lançamento, a Mercedes disponibiliza duas versões do bloco 3.0 litros diesel com seis cilindros: 350d (272 CV e 600 Nm de binário com consumos de 7,5 l/100 km e emissões de CO2 de 198 gr/km) e 400d (330 CV, 700 Nm de binário com consumos de 7,5 l/100 km e emissões de CO2 de 198 gr/km). Para mais tarde chegarão motores a gasolina. O carro chegará a Portugal na primavera de 2020.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)