Opel Astra chega em 2021 com a plataforma do Peugeot 308 e motorização híbrida

By on 28 Junho, 2019

É verdade que o Astra conhecerá uma remodelação este outono, mas vai durar pouco porque em 2021 surgirá uma nova geração, já anunciada, que terá uma base 100% PSA e produção na Alemanha.

O PSA Group já deu mostras de ser ágil e flexível e isso ficou provado, já, com a inversão em termos de resultados que foi operada na Opel e na revelação, desde já, do novo Corsa, com base PSA e mecânica elétrica. Mas essa agilidade não é infinita e por isso mesmo a Opel não terá um novo Astra antes de 2021. O modelo atual terá de sofrer uma atualização, marcada para este outono, que viverá pouco mais de um ano e será apresentada no Salão de Frankfurt.

A nova geração do Astra terá como base a plataforma EMP2 que é usada pelo Peugeot 308, uma boa notícia, pois o compromisso conforto/comportamento é dos melhores do segmento, ao passo que o Astra já perdeu fôlego. O Astra receberá uma motorização eletrificada, provavelmente um híbrido “Plug in” e uma versão “mild hybrid”. Podem perguntar porque razão é que o Astra não terá uma versão totalmente elétrica, mas a resposta é simples: a plataforma EMP2 não está preparada para isso. E o PSA Group não vai oferecer ao Astra outra plataforma, pois quer maximizar o mais possível a EMP2 oferecendo-a ao Opel, podendo assim maximizar a rentabilidade do carro.

O PSA Group não vai produzir o Astra em França na unidade de Sochaux, mas sim na Alemanha na fábrica de Russelsheim, apesar desta estar em processo de reestruturação com rescisões e saídas voluntárias. O Astra será, assim, produzido a lado do Insignia, compensando o fim de vida do Zafira. 

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)