Peugeot 508 Peugeot Sport vai ser uma realidade com 360 CV

By on 6 Maio, 2019

Se o e-Legend já está confinado ao belo e exuberante mundo inalcançável dos protótipos, o 508 Peugeot Sport Engineered vai ser uma realidade já em 2020.

Curiosamente, a Peugeot Sport está, neste momento, sem nenhum envolvimento na competição automóvel, depois do fim da presença oficial no Mundial de Ralicross. Todos aqueles que não procuraram nova ocupação em outras formações dedicadas à competição, estão dentro da estrutura francesa há espera de um projeto.

E ele acaba de aterrar na mesa de Bruno Famin, o patrão da Peugeot Sport. “É curioso como a pressão para reduzir emissões e a discussão que se tem gerado em redor desse assunto, nos permitiu fazer um 508 com um super desempenho que nunca imaginámos!” É o responsável máximo da Peugeot Sport quem o diz, depois de saber que no seguimento do protótipo feito com base no 508 para o Salão de Genebra de 2019, o carro acabará por ser lançado no mercado já em 2020.

Tudo começa no 508 Hybrid, modelo que vai chegar ao mercado no final do ano, e que exibe um motor elétrico com 109 CV acoplado à caixa automática de 8 velocidades. Pegando nesse sistema, junta-se um bloco 1.6 litros turbo com 200 CV (menos que o 308 GTI que debita 263 CV). Esta redução de potência justifica-se por constrangimentos de arrefecimento e a vontade de dar prioridade ao incremento, incrível, da capacidade da bateria, de 35 para 148 kWh, sem que a Peugeot dê mais explicações. Atrás, estará um motor elétrico com 200 CV.

Contas feitas, o 508 Peugeot Sport será um tração integral que se encarregará de mover o carro até aos 190 km/h (o mesmo sistema no 3008 Hybrid4 fazia essa tarefa até aos 135 km/h). Depois o sistema completo encarregar-se-á da performance. O 508 receberá vias mais largas 12 mm que um 508 “normal”, evolução nas suspensões e no sistema multibraços traseiro e a travagem virá, diretamente, do 308 GTI.

O carro terá quatro rodas motrizes, jantes de 20 polegadas que vão preencher toda a cava da roda e haverá uma regulação específica da suspensão para girar o aumento de peso sensível, que rondará os 340 quilogramas.

Com 360 CV gerados por um sistema híbrido, a Peugeot vai conseguir homologar uma berlina desportiva com emissões de, apenas, 49 gr/km de CO2, podendo a casa de Sochaux ter um preço elevado, mas competitivo, deixando para trás modelos semelhantes, mas “carregados” com taxas e impostos devido à emissão de CO2. Não está confirmado, mas a Peugeot Sport pode oferecer este 508 na versão carrinha.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)