Porsche conheceu primeiro semestre com aumento de vendas

By on 30 Julho, 2019

Os primeiros seis meses de 2019 sorriram à Porsche: viu as vendas aumentarem 2% face a igual período de 2018 para 133 484 unidades.

Contas feitas a este volume de vendas, a Porsche viu a sua margem de lucro operacional subir 3% para 2.2 mil milhões de euros e as receitas das vendas aumentarem 9% para 13,4 mi milhões de euros. E ao contrário de outros construtores, a Porsche aumentou a sua força de trabalho para 33 839 colaboradores, mais 5%.

Para Oliver Blume, presidente do conselho executivo da Porsche, “os resultados do primeiro semestre é uma base sólida para termos um ano de 2019 muito bem sucedido.” Para ele, um dos fatores de sucesso “é a nossa atraente gama de produto. Nos primeiros seis meses de 2019, lançamos uma série de produtos inovadores, que mexiam com as emoções e com o mercado, com o novo 911, 911 Cabriolet, Cayenne Coupe, 911 Speedster, 935, 718 Spyder e o GT4.”

A locomotiva das vendas da Porsche é o Macan, com 47 367 unidades comercializadas em seis meses de 2019, seguido pelo Cayenne, que vendeu 41 725 unidades, um aumento de venda de 45%. Olhando aos mercados, a China mostrou uma face risonha com um aumento de 28%, enquanto que na zona Asia Pacífico, África e no Médio Oriente, para onde enviaram 57 397 unidades, 20% mais que em seis meses de 2018. Nos EUA, o crescimento foi de 3%, para 30 257 unidades.

A Porsche espera que o momento continue, com a ajuda do Cayenne Coupé e os 718 Spyder e 718 Cayman GT4. Além disso, está a chegar o Taycan, a estreia da Porsche no segmento dos veículos elétricos.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)