Renault revê estratégia, pode abandonar mercados e descontinuar produtos

By on 20 Novembro, 2019

A marca francesa está a passar por mudanças profundas e a revisão da sua estratégia e objetivos de médio prazo pode fazê-la sair de certos mercados e acabar com alguns modelos.

Segundo afirmou Clotilde Delbos, a CEO interina da Renault, em conferência, “vamos tentar tudo para evitar esse radicalismo, mas temos de nos questionar: podermos continuar com a mesma estratégia? Não creio que seja possível. O mercado está a mudar e temos de nos adaptar.”

A revisão dos planos de médio prazo da Renault estará pronta dentro de alguns meses e os investidores estão a contar com alterações que permitam à Renault virar a página da agitação e incerteza provocadas pelo escândalo de Carlos Ghosn. O que se espera é que a Renault volte a focar-se nas suas operações já que tal como sucede com a sua aliada Nissan, as vendas estão em queda devido a um mercado em dificuldades.

Para a CEO interina, é perfeitamente possível tornar a aliança com a Nissan mais eficiente do que é atualmente. Recordamos que a antiga diretora financeira foi escolhida para ocupar interinamente o lugar do despedido Thierry Bollore, mas tem tentado mostrar serviço para que a sua candidatura ao cargo seja considerada, embora dentro da Renault a preferência vá para Luca di Meo, o CEO da Seat.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)