Sabe, mesmo, qual a autonomia do seu carro elétrico?

By on 31 Outubro, 2018

A revista inglesa “What Car?” decidiu que estava na hora de fazer alguma coisa pela grande resistência à compra e utilização de veículos elétricos: a ansiedade com a falta de autonomia!

Muito já se avançou face aos primórdios do carro elétrico e barreira após barreira derrubada, a mobilidade elétrica tem ganho ímpeto e está no centro da discussão do futuro da mobilidade. Porém, muitos continuam a olhar de soslaio os veículos elétricos devido à autonomia. E ao facto de nos carros com motor de combustão interna, assim que se acende a luz de reserva, basta ir à bomba… puf! encher o depósito num par de minutos, pagar e seguir viagem. Nos elétricos isso não é possível e não será possível num futuro a médio prazo.

Ora então o que é que os nossos colegas da “What Car?” fazem?

Primeiro, descarregam totalmente a bateria. Depois, medem a energia (em kWh) necessária para recarregá-la e deixam-na toda a noite à carga numa garagem refrigerada com uma temperatura de 18 graus. Verificam a pressão dos pneus para garantir que são as mesmas recomendadas pelo fabricante. O carro só anda quando as temperaturas estão entre os e os 15 graus e todos os ensaios são feitos com duas pessoas a bordo ou com lastro que simule essa situação. A climatização do veículo está sempre nos 21 graus se o carro estiver ligado desligado da corrente quando o interior estiver a essa temperatura, o ar condicionado fica ligado e os róis estão sempre acessos. Caso o veículo tenha vários modos de condução, é sempre escolhido o Normal e com a menor taxa de regeneração de energia. O ensaio é feito na pista privada da “What Car?”, um traçado com pouco mais de 31 km que simula uma mistura de tráfego urbano congestionado, estradas rurais e autoestrada. O percurso é feito duas vezes para carros que aceitem mais de 60 kWh e três vezes se as baterias aceitarem mais de 100 kWh de carga. A “What Car?” utiliza uma ferramente de medição chama “Racelogic Route Profiler” que regista a velocidade segundo a segundo. No final do teste, o carro é ligado à corrente e toda a energia utilizada será a medida que permitirá calcular a autonomia real final.

Estas são as autonomias, verificadas, pelos nossos colegadas da “What Car?”

1º – Hyundai Kauai Electric – autonmia real: 405 km

2º – Jaguar i-Pace – autonomia real: 405 km

2º – Kia Niro Eletric – autonomia real: 405 km

4º – Tesla Model S 75D – autonomia real: 327 km

5º – Hyundai Kauai Eletric – autonomia real:53 km

6º – Renault Zoe R110 – autonomia real: 234 km

7º – Nissan Leaf – autonomia real: 205km

8º – BMW i3 – autonomia real: 195 km

9º – VW e-Golf – autonomia real: 190 km

10º – Hyundai Ioniq Eletric – autonomia real: 190 km

11º -Smart ForTwo EQ – autonomia real: 95 km

12º – Smart ForFour Eq – autonomia real: 92 km

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)