Sabe quais são os recordistas do Nurburgring? Nós contámos-lhe!

By on 7 Junho, 2019

A ideia da Volkswagen ter levado o ID R até ao Inferno Verde para tentar bater o recorde da volta mais rápida, é algo que muitos construtores continuam a fazer. Vá lá saber-se porquê, deter um recorde no Nurburgring é importante.

Agora, sabe quais são os recordistas da pista alemã? Sabe quem é que foi o mais rápido – pelo menos até ao momento em que escrevemos este artigo – nas 156 curvas dos 20,64 quilómetros do Nordschleife?

O mais rápido de sempre é Timo Bernhardt que ao volante do Porsche 919 Evo (o carro do WEC sem os limites do regulamento) cumpriu a volta ao Nurburgring em 5m19,55s. É o mais veloz de sempre e arrasou com o recorde de 35 anos detido por Stefan Bellof, que ao volante de um Porsche 956 cumpriu os 20,64 km em 6m11,13s.

Sabemos, também, que o modelo elétrico mais veloz no Nurburgring é, agora, o VW ID R com 6m05,336s, eclipsando o tempo feito pelo Niro EP9, um modelo que é oficialmente, um carro de produção em pequeníssima série, e que fez uma volta em 6m45,90s. Vamos então conhecer os mais rápidos nas diversas categorias.

Carro de série mais veloz no Nurburgring

1º – Lamborghini Aventador SVJ – 6m44,97s

A aerodinâmica ativa e as qualidades do V12, permitiram que o SVJ conseguisse provar que os motores de combustão interna conseguem ser mais velozes que os elétricos.

2º – Nio EP9 – 6m45,90s

Vendido numa série muito curta de unidades, o super desportivo elétrico tem 1390 CV e uma velocidade máxima próxima dos 320 km/h. 

3º – Porsche 911 GT2 RS – 6m47,30s

É o modelo de tração traseira de produção em série mais veloz no Nurburgring. 

4º – Radical SR8LM – 6m48,00s

Foi o carro que deteve o recorde desde 2009, com um tempo de 6m48,00s, feitos por Michael Vergers. Curiosamente, o piloto que fez este tempo tinha conduzido o carro, por estrada, do Reino Unido para a Alemanha, 24 horas antes.

5º – Lamborghini Huracan Performante – 6m52,01s

Melhorou o registo anterior do Huracan e fica no top 5.

6º – Radical SR8 – 6m56,08s

Com um motor V8 com mais de 350 CV, bateu o recorde do Nurburgring em 2005, pilotado por Michael Vergers. 

7º – Porsche 918 Spyder – 6m57,00s

O super desportivo híbrido da Porsche não foi capaz de bater os Radical nem os Lamborghini.

8º – Lamborghini Aventador SV – 6m59,73s

A versão mais “simples” do Aventador ficou-se pelo oitavo tempo.

9º – Mercedes AMG GT R Pro – 7m04,06s

Apesar de todas as alterações feitas a esta versão mais radical, o Mercedes ficou acima dos sete minutos.

10º – Nissan GT-R Nismo – 7m08,68s

O “Godzilla” revisto e com alguns truques na manga (turbos vindos do carro de competição GT3, aerodinâmica remodelada), não foi capaz de ficar abaixo dos sete minutos.

Carro de tração dianteira mais rápido no Nurburgring

1º – Renault Megane RS Trophy – R – 7m40,10s

Desde 21 de maio que o Renault Megane RS Trophy R recuperou o primeiro lugar – que já foi de gerações anteriores – entre os modelos de serie com tração dianteira mais velozes no Nurburgring.

2º – Honda Civic Type R – 7m43,80s

Um ano depois de ter perdido o título, a nova geração do Type R voltou a tirar das mãos do Golf GTI o tempo mais veloz no Nurburgring, mas perdeu-o para o Renault Megane RS Trophy R.

3º – Volkswagen Golf GTI Clubsport – 7m47,19s

Este mesmo Golf GTI bateu o recorde duas vezes com Benny Leuchter ao volante, sendo que da segunda vez escovou mais de dois segundos ao recorde, tendo na altura ultrapassado o Civic Type R.

4º – Honda Civic Type R – 7m50,63s

Uma diferença de quase sete segundos entre a atual geração e a anterior, que durante algum tempo deteve na sua posse o recorde do Nurburgring. 

5º – Renault Megane RS 275 Trophy R – 7m54,36s

Este foi o carro que roubou o recorde em 2014 à Seat, com esta muito especial versão do Megane. Veremos o que faz o novo Megane RS Trophy R

Carro elétrico mais veloz no Nurburgring

1º Volkswagen ID R – 6m05,336s

O carro feito para bater recordes em Pikes Peak, foi alterado para esmagar o recorde dos modelos elétricos. Romain Dumas consegui até ser mais rápido que o famoso recorde, velho de 35 anos, de Stefan Bellof.

2º – Nio EP9 – 6m45,90s

Produzido em pequeníssima série, o Nio EP9 conseguiu deter o recorde durante algum tempo, com menos 20 segundos que o modelo que teve o recorde, mas acabou esmagado pelo ID R.

3º – Toyota TMG EV P001 – 7m47,79s

Foi em 2011 que a Toyota reclamou para si a liderança entre os automóveis elétricos com um carro feito especificamente para isso, mas com pneus de estrada. Mas o recorde durou apenas uns meses e a Toyota não voltou a tentar.

4º – Mercedes SLS AMG Electric Drive – 7m56,23s

Foi o recordista do Nurburgring quando apareceu na sua fatiota amarela que o tornou inesquecível. Destruiu o Audi R9 e-tron, mas agora está a milhas do Niro e do ID R.

5º – Audi R8 e-tron – 8m09,09s

Até chegar o SLS AMG Electric Drive, o Audi deteve o recorde do Nurburgring. Depois foi batido, o carro esteve para ser produzido, mas a fé nos elétricos ainda não era total e por isso acabou por ser um nado morto.

As voltas mais rápidas do Nurburgring

1º – Porsche 918 Hybrid Evo – 5m19,546s

Com um 919 sem limites regulamentares, a Porsche provou o que poderiam ser estes carros, os mais velozes ao cimo da terra. O tempo feito por Timo Bernhardt é algo de fabuloso. Os 39 quilos a menos no peso final, os 53% mais de força descendente e o V4 com 2 litros a debitar 715 CV mais os 450 CV do motor elétrico, deram asas ao 918, para um tempo que dificilmente será batido.

2º – Volkswagen ID R – 6m05,336s

Um VW a intrometer-se entre os Porsche.

3º – Porsche 956 – 6m11,13s

Stefan Bellof era um piloto simplesmente impressionante que faleceu cedo demais. Com um Porsche 956 equipado com o seis cilindros boxer de 2,65 litros sobrealimentado a debitar 630 CV, o alemão, na altura com 25 anos, conseguiu uma média de 200 km/h(!) para fazer o tempo, em qualificação, que perdurou como o recorde absoluto do Nurburgring dursnte 35 anos. Curiosamente, na corrida, chegou a ter 36 segundos de avanço para Jochen Mass, mas perdeu o controlo do carro e despistou-se a mais de 250 km/h, escapando, dessa vez, sem danos.

4º – Porsche 956 – 6m16,85s

O mesmo modelo, mas com Jacky Ickx ao volante, exatamente na mesma prova que assistiu ao recorde de Stefan Bellof. O belga ficou quase a seis segundos do alemão.

5º – Porsche 956 – 6m25,91s

Pois, o quarto tempo também é do 956, também feito em 1983 e nos 1000 km de Nurburgring. Com Stefan Bellof ao volante.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)