Salão de Tóquio 2019: abre amanhã o certame asiático

By on 22 Outubro, 2019

O AUTOMAIS já está em Tóquio para a partir de amanhã acompanhar o maior certame japonês e um dos maiores a nível mundial, mostrando o relevante para os Europeus.

O Salão de Tóquio é dominado pelas marcas japonesas, sem que os europeus, americanos ou os coreanos tentem, sequer, intrometer-se. A não ser que tenham realmente algo de novo e importante para o mercado asiático para mostrar. O Salão de Tóquio vai abrir portas no dia 24 de outubro e destacará, sem surpresas, a eletrificação com a maioria dos modelos de produção e os protótipos que vão aparecer em Tóquio a serem eletrificados. Seja com versões híbridas ou totalmente eletrificadas. Aqui ficam alguns dos carros que vão estar no Salão de Tóquio.

Honda Jazz

O novo Jazz será revelado como Fit, a versão japonesa, mas destacará a versão híbrida que será a única à venda na Europa. A unidade híbrida utilizará o sistema i-MMD do CR-V. O carro estará à venda em 2020.

Lexus Electric

O protótipo que a marca de luxo da Toyota vai apresentar marca a entrada da Lexus na mobilidade elétrica. O carro será um citadino com uma generosa altura e muito espaço interior. Será apenas um protótipo que não terá versão de produção, mas mostrará muita coisa nova que a Lexus vai introduzir em termos de estilo, de arrumação interior e de info entretenimento, com o protótipo a mostrar um interior com dois ecrãs de generosas dimensões de cada lado do volante.

Mazda Electric

O Salão de Tóquio será o palco para a revelação do primeiro modelo elétrico da Mazda, com a particularidade de oferecer uma versão com extensor de autonomia com a utilização de um motor Wankel. O carro será um SUV, terá uma bateria de 35,5 kWh e a tal opção de extensor de autonomia.

Mitsubishi Plug In Concept

A casa japonesa parte da Aliança Renault Nissan Mitsubishi, vai apresentar um protótipo daquilo que será o próximo sistema híbrido Plug In da Mitsubishi. Mais leve, mais pequeno e eficaz que o atual sistema, não há mais nenhuma informação. O protótipo não terá produção em série, o sistema híbrido Plug In vai estar à venda nos próximos anos.

Nissan

Serão 14 os modelos que a Nissan terá em exposição, com destaque para o IMk, modelo que abordamos em peça separada. O espaço da casa japonesa mostrará este protótipo, um novo modelo zero emissões, o Nissan Leaf e+, o Skyline com a segunda geração do ProPilot e, também, o Serena e-Power.

O Serena é um pequeno comercial que além de adotar o sistema ProPilot de condução autónoma, utiliza o sistema e-Power, mecânica que ganhou o título de “Technology od the Year 2019” para o Automotive Researchers and Journalists Conference of Japan (RJC). O Skyline tem sido montra tecnológica para a Nissan, pelo que no Salão de Tóquio, o novo Skyline Hybrid vai estrear a segunda geração do sistema ProPilot, o primeiro sistema de ajuda à condução que combina sistema de navegação e capacidade de condução sem assistência do condutor. O ProPilot 2.0 está desenhado para funcionar com o sistema de navegação, mantendo o carro dentro da rota pré-definida. O sistema funciona sem ajuda do condutor, mas requer a presença do mesmo e a sua constante vigilância.

O Nissan Leaf e+ não é novidade, pois foi lançado no início do ano, com capacidade da bateria reforçada oferecendo mais 40% de autonomia, até 458 km. Já o Nissan GT-R vai aparecer na versão 50º Aniversário e a variante Nismo. A primeira tem atualizações em termos de exterior e um interior exclusivo, o segundo tem mais mudanças. Os turbos são novos (iguais aos usados no carro de competição GT3 de 2018), é utilizada fibra de carbono em peças exteriores, como os guarda lamas dianteiros, capô e tejadilho mais os novos bancos Recaro mais leves, permitiram que o peso descesse 30 kgs. Novas suspensões, mudanças na transmissão e mais alguns detalhes, tornam o GT-R Nismo um carro muito interessante. A Nissan vai montar uma loja de “merchandising” para comercializar produtos exclusivos do 50º aniversário do GT-R e do Nissan Z.  

Toyota GT 86

Apesar de não ser um segmento onde se ganhe dinheiro, a verdade é que a Toyota conseguiu encontrar forma de fazer a segunda geração do GT86. A cooperação entre a Toyota e a Subaru vai continuar, os dois carros serão diferentes e espera-se que o motor ganhe mais potência e pode receber um turbo.

Toyota Mirai

A nova geração do modelo equipado com célula de combustível será desvendada no Salão de Tóquio, através de um protótipo que mostra um carro totalmente diferente.

Segundo a Toyota, este Mirai Concept está no estádio final de desenvolvimento, prometendo a marca uma evolução sensível da tecnologia de célula de combustível. Reclama, por isso, um incremento de 30% na autonomia face ao atual modelo. Que oferece, já, 480 km. A Toyota também diz que o Mirai oferecerá uma experiência de condução mais envolvente.

Aproveitando, também ele, a nova plataforma TNGA, o Mirai viu o estilo evoluir muito, correspondendo à promessa do CEO da Toyota, Akyo Toyoda, de deixar de fazer carros aborrecidos. O carro é bem diferente e a casa japonesa reclama maior rigidez, um centro de gravidade mais baixo e dimensões majoradas: 4935 mm de comprimento, 1885 mm de largura e uma distância entre eixos de 2920 mm. Está sentado em jantes de 20 polegadas e manter-se-á como uma berlina de quatro portas como o modelo original.

O interior não escapou às mudanças e está muito mais próximo de modelos como o Toyota Camry ou os modelos das Lexus. Destaque para um ecrã central de 12,3 polegadas, para o painel de instrumentos digital e concentração dos diversos comandos na consola central. O interior, graças às maiores dimensões, ganhou cinco lugares (o carro lançado em 2014 tinha apenas 4) graças ao trabalho desenvolvido na célula de combustível. Cujos pormenores a Toyota ainda não divulgou ou qualquer cifra sobre o mesmo. Sabe-se que tudo foi redesenhado e melhorado.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)