Suzuki pode retirar Jimny da Europa se não encontrar um motor “limpo”

By on 28 Janeiro, 2020

O divertido mini jipe da Suzuki pode ter efémera vida no Velho Continente, caso a Suzuki não encontre um motor que seja capaz de enfrentar as duras limitações de CO2.

O Jimny continuará à venda na Europa em 2020, mas em quantidades limitadas – o que não é novidade já que o fornecimento de carros ao continente europeu está aquém daquilo que são as necessidades dos mercados – sendo possível que em 2021 o carro seja retirado do mercado europeu. Poderá regressar em 2021 como veículo comercial, com motor diferente. Mas, para isso, a Suzuki terá de encontrar um bloco que seja compatível com as regras.

Uma enorme desilusão para os adeptos do Jimny – um carro que é difícil não gostar – mas que revelam de forma clara que a Suzuki não está preocupada com o mercado europeu, não está disponível para pagar multas e menos ainda investir em tornar o Jimny mais limpo.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)