Toyota oferece tecnologia Plug In ao RAV4 pensando nos utilizadores mais desportivos

By on 22 Novembro, 2019

O Salão de Los Angeles foi o palco para a revelação da versão Plug In do RAV4, tendo como alvo os condutores mais desportivos.

O carro estará à venda na segunda metade de 2020 e será o topo de gama dos modelos híbridos da Toyota. Com emissões de 30 gr/km de CO2, segundo o protocolo WLTP, o RAV4 é líder da classe neste particular.

Mantendo o bloco de 2.5 litros com quatro cilindros a gasolina, o RAV4 Plug In Hybrid recebe dois motores elétricos com uma potência combinada de 302 CV. Com estas cifras, o modelo acelera dos 0-100 km/h em 6,2 segundos. Diz a Toyota que o RAV4 faz melhor que os rivais não híbridos.

Para este modelo, a casa japonesa desenvolver uma nova bateria de iões de lítio com mais capacidade e uma nova unidade de controlo. A autonomia em modo elétrico é de 60 km e a tração é integral.Recordar que o Toyota RAV4, nos nove primeiros meses de 2019, viu as vendas subirem 32% para 72 928 unidades, de acordo com a Jato Dynamics. A casa japonesa vai introduzir este sistema Plug In no RAV4 e em outros modelos, para reduzir os valores de CO2, mesmo que a Toyota esteja confortável e está a caminho de chegar aos 87,1 gr/km de CO2 em toda a gama, que nesta altura é de 103 gr/km, ás quais deverá chegar em 2021. Na Europa, a Toyota já cumpre o objetivo, com 50% das vendas a serem feitas com modelos híbridos, algo confirmado pelo responsável de vendas europeu, Matthew Harrison. E o CEO, Johan van Zyl, acredita que o SUV com sistema Plug In será mais bem-sucedido que o Prius Plug In, que nunca foi um sucesso 

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)