Volkswagen oferece 830 milhões de euros para compensar danos do Dieselgate

By on 14 Fevereiro, 2020

O grupo alemão anunciou que vai compensar os utilizadores de veículos diesel muito poluentes ao abrigo do Dieselgate num acordo que vai custar 830 milhões de euros.

Recuando no tempo, em 2015, a Volkswagen foi apanhada nos EUA com um dispositivo ilegal que contornava os testes de emissões feitos nos EUA e em outros países, espoletando um estoiro de processos de todos os lados com estilhaços que continuam a cair um pouco por todo o lado. A VW foi obrigada a reparar 11 milhões de veículos em todo o mundo equipados com o bloco EA 189 diesel, 8 milhões deles na Europa.

Esta decisão da Volkswagen surge depois da quebra de conversações entre a VW e a VZBV, associação dos consumidores alemães, que procurava um acordo fora dos tribunais que satisfizesse os clientes por esta associação representados.

Em comunicado, a VW diz que “o falhanço do acordo com a VZBV não tem de ser um custo para os consumidores” e por isso todos os clientes inscritos na VZBV para receber compensações sobre o Dieselgate, são elegíveis para beneficiarem desta oferta da VW.

A marca alemã refere que não aceitou assinar o acordo com a VZBV, lembrando que a associação exigiu 50 milhões de euros para pagar os advogados requisitados pela VZBV. Do lado da associação, a causa para o fim da negociação residiu no facto da VW não garantir um sistema de compensações adequado para os clientes. A luta legal vai continuar com a VZBV a dizer que irá tudo fazer para obter o acordo, nos seus termos, com a VW, recorrendo aos tribunais.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)