VW contrata ativistas ambientais para escrutinar politicas ambientais

By on 26 Fevereiro, 2020

O CEO da VW, Herbert Diess, está a planear contratar radicais defensores do ambiente para ajudar a controlar as políticas ambientais e ajudar a industria automóvel na luta contra a poluição e estabelecer o tão necessário pontapé de saída para a mudança de paradigma.

“Temos muitas ideias, mas levam muito tempo a implementar numa organização tão grande como a nossa, pelo que preciso de alguém verdadeiramente agressivo internamente” disse Herbert DIess numa entrevista ao Financial Times. 

Recordamos que a VW entrou um esforço de larga escala para reduzir a poluição dos seus veículos e das suas fábricas, na ressaca do Dieselgate que nasceu há mais de quatro anos. Depois de admitir que manipulou os motores diesel com um dispositivo ilegal que enganava os sistemas de controlo em laboratório em mais de 11 milhões de veículos, algo que custou, até agora, 30 mil milhões de euros.

Após esse escândalo, a VW criou um conselho de sustentabilidade que inclui Margo Oge, ex-diretora da agência norte americana de proteção do ambiente e o antigo comissário do ambiente da União Europeia, Connie Hedegaard.

Herbert Diess tem usado o Dieselgate como catalisador para promover mudanças profundas no aparelho de notáveis burocratas do grupo VW, aproveitando, também, para lançar o mais agressivo programa de mobilidade elétrica da industria automóvel, tendo a VW reservado, para isso, nada menos que 33 mil milhões de euros a gastar em cinco anos.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)