Hyperion XP-1 é um hipercarro a hidrogénio que promete mais de 1600 km de autonomia

By on 13 Agosto, 2020

A Hyperion revelou o protótipo XP-1 que se assemelha muito a um Bugatti, alimentado a hidrogénio e capaz de tocar os 356 km/h com uma autonomia de 1635 quilómetros!

Descrito como o primeiro andamento da visão a longo prazo de investimento no hidrogénio, o XP-1 não deixa de impressionar com as suas formas que lembram Bugatti Chiron. Segundo a Hyperion, é a materialização de 10 anos de desenvolvimento, pesquisa e testes de mais de 200 engenheiros especializados na tecnologia do hidrogénio. 

Olhando para o exterior, o XP-1 tem um desenho ousado que fará virar cabeças na rua. Sabemos que o carro usa materiais como o titânio e a fibra de carbono. As portas são de abertura tipo asa de gaivota e um para brisas que funciona como tejadilho, totalmente, em vidro. As jantes são de 20 e 21 polegadas com pneus Pirelli P-Zero, sendo a travagem entregue a discos de 457 mm á frente e 432 mm atrás.

O painel de instrumentos é feito com um ecrã curva de 98 polegadas (!) com comandos por gestos e no interior há fibra de carbono nos bancos. 

Não há muitas informações sobre o sistema de pilha de combustível que o carro vai usar. Sabe-se que o XP-1 tem vários motores, tração integral e um sistema de ultra condensadores. O carro acelera dos 0-100 km/h em 2,2 segundos e a velocidade máxima de 356 km/h com a autonomia a tocar os 1635 km, podendo ser reabastecido em menos de cinco minutos, exibindo um peso de 1032 kgs. O carro deverá ser produzido a partir de 2022 nos Estados Unidos e a produção está limitada a 300 unidades.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)