NIO começa a chegar a novos mercados, mas Portugal ainda não está na lista

By on 10 Outubro, 2022

Depois da sua entrada no mercado europeu através da Noruega, a NIO acaba de anunciar que está agora a entrar na Alemanha, Dinamarca, Suécia e Países-Baixos com uma gama de três modelos.

Num enorme evento de lançamento na cidade de Berlim, a NIO acaba de anunciar os seus planos a curto prazo para o mercado europeu. Depois da sua entrada na Noruega no ano passado, é agora a vez da Alemanha, dos Países-Baixos, da Dinamarca e da Suécia, países onde já é possível encomendar qualquer um dos três modelos que a marca tem disponíveis deste lado do globo.

A entrada da NIO no mercado europeu inclui ainda algumas novidades, tais como as unidades de substituição de bateria de que lhe falámos há uns dias, mas também um novo conjunto de serviços que inclui a possibilidade de utilizar um automóvel através de uma simples subscrição, com o objetivo de ajudar a alavancar a apetência do mercado pelos automóveis elétricos.

Os três modelos da gama utilizam a mesma plataforma NT2 da NIO, mas têm formatos adaptados a clientes distintos. O EL7 será um SUV elétrico de tamanho médio e o ET7 uma berlina executiva de visual mais elegante, enquanto o ET5 será um familiar de tamanho médio destinado a rivalizar com modelos como o Tesla Model 3, por exemplo. Todos já estão disponíveis para encomenda, com as primeiras entregas previstas para o primeiro trimestre de 2023. A exceção é o ET7, que já tem automóveis disponíveis para entrega a partir do próximo dia 16 de outubro.

Uma das novidades no mercado europeu é o inovador serviço de subscrição NIO, que está agora aberto a utilizadores na Alemanha, Holanda, Dinamarca e Suécia e disponível com prazos entre apenas um mês a 60 meses, sendo que os utilizadores poderão escolher o veículo que melhor se adapta às suas necessidades. Para todos os modelos de subscrição, a NIO proporciona uma experiência sem preocupações, oferecendo seguros abrangentes, manutenção, pneus de Inverno, um carro de cortesia e acesso ao sistema de troca de bateria, bem como a flexibilidade para atualizar os serviços da mesma.

Além de tudo isto, a NIO pretende construir uma nova comunidade de utilizadores, sendo que, para isso, tem prevista a abertura de diversas “NIO House”, espaços destinados a dar a conhecer a marca, mas que também servem como ponto de paragem e de lazer para os seus utilizadores. Vão existir diversos eventos e ideias, com uma agenda bastante preenchida, à medida que vão abrindo mais espaços, além dos já previstos nas cidades de Hamburgo, Frankfurt, Dusseldorf, Amesterdão, Roterdão, Copenhaga, Estocolmo e Gotemburgo.

Mais para o sul da Europa e especificamente para Portugal ainda não existem quaisquer dados disponíveis, mas a ideia da NIO é continuar a sua expansão para diversos países e acelerar o seu desenvolvimento global. Para conhecer todos os detalhes revelados, aqui fica o link para a apresentação da marca que se realizou em Berlim.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)