Novo Peugeot 108 deverá ser elétrico e utilizar a base do Fiat 500e

By on 9 Março, 2020

Muitos construtores estão a debandar do segmento A do mercado, mas Toyota, Fiat e, ao que parece, Peugeot, vão continuar.

Porém, enquanto a Toyota fará aposta na mecânica híbrida, Fiat e Peugeot, perto de estarem debaixo da mesma cobertura, vão seguir a via elétrica e o 108, que parecia estar fora de cogitação regressar depois de acabada a atual geração, poderá mesmo utilizar a mesma base do novo 500e da Fiat e, claro, a sua mecânica.

Segundo Jean Philippe Imparato, CEO da Peugeot, em declarações á revista AutoExpress, a decisão de fazer regressar o 108 “foi tomada há algumas semanas. Porquê? Porque é um carro com razoável sucesso. Porém, não queremos perder dinheiro em nenhum carro (um mantra de Carlos Tavares) da nossa gama e por isso temos de proteger o valor residual dos veículos da Peugeot. Por isso, vamos manter o 108 até que os nossos clientes nos digam ‘pessoal, não vale a pena insistirem, não o queremos mais’.”

Com a Fiat a lançar um 500 novo, totalmente elétrico, fica claro que o 108 terá a mesma base, mas com um estilo radicalmente diferente. Mesmo assim, Imparato diz que “nada está ainda decidido, até porque a fusão entre a PSA e a FCA ainda não está concluída, mas teremos todo o gosto de discutir o assunto depois das duas empresas se fundirem. Mas até lá, é proibido estudar ou desenvolver alguma coisa.”

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)