Renault mostra o projeto de eletrificação que tem estado a desenvolver no Brasil

By on 18 Abril, 2022

Mais ou menos como aconteceu na Ilha de Porto Santo, o Renault Group tem estado na ilha de Fernando Noronha, no Brasil, com o objetivo de desenvolver um projeto de eletrificação, que termine com a utilização de combustíveis fósseis.

Com o principal objetivo de alcançar um patamar de neutralidade carbónica, a Renault continua a desenvolver o projeto “Smart Islands” através da sua marca de mobilidade, a Mobilize. E depois do que conhecemos em Belle-Ile-em Mer, em França, ou mesmo em solo nacional, na Ilha de Porto Santo, o grupo Renault mostra-nos agora o que tem estado a desenvolver no Brasil, nas ilhas de Fernando Noronha, uma localização protegida pela Unesco.

Através de um acordo estabelecido com o governo local em 2019, a Renault tem fornecido automóveis elétricos para esta ilha, tais como o pequeno Twizy, o Zoe ou mesmo o Kangoo, com uma vocação mais empresarial. Inicialmente, foram destinados aos serviços de administração da ilha, mas desde essa altura, já foram adicionados 24 automóveis não-poluentes à frota circulante de Fernando Noronha, que são usados por residentes e por pequenos negócios neste local.

Além disso, e usufruindo da magnífica exposição solar destas ilhas, também têm sido desenvolvidas novas soluções de captação de energia limpa e renovável, tais como uma estação de carregamento para automóveis elétricos, inaugurada no ano passado, que é exclusivamente alimentada por painéis solares e consegue canalizar a energia para a rede elétrica da ilha, quando esta não está a ser usada para carregar automóveis.

O projeto “Noronha Zero Carbon” pretende mudar a oferta de energia neste conjunto de ilhas, baseado em combustíveis fósseis, através de uma maior oferta de soluções de energias renováveis, que conseguem reduzir os gases com efeito de estufa neste território. O objetivo é que deixem de existir automóveis como motores de combustão nesta ilha até ao ano 2030.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)