Tesla Model 3 é o carro elétrico mais vendido na Europa

By on 30 Janeiro, 2020

O mês de dezembro de 2019 viu o VW Golf ser o carro mais vendido, seguido do Renault Clio, sendo a maior surpresa o Tesla Model 3 a conseguir ficar no pódio.

Contas feitas, a Tesla vendeu 22.041 unidades em dezembro, quando em novembro tinham sido vendidos apenas 7.912 carros. Os modelos são todos importados dos EUA até que a fábrica alemã da Tesla comece a laborar. Contas feitas, os carros elétricos representaram 11% da quota de mercado em dezembro, a maior jamais registada na Europa.

Outra surpresa de dezembro foi o Ford Kuga, SUV compacto da casa da oval azul que foi o quarto mais vendido com 22.045 unidades. Não se percebe este aumento de 157% nas vendas, mas os SUV alcançaram a sua maior quota de mercado com 42% em dezembro.

A JATO deu nota que o mercado europeu cresceu muito em dezembro, com 21% de aumento para 1,26 milhões de unidades, mas muito do que sucedeu no último mês de 2019 foram compras para stock. Com as novas regras de CO2 que leva para as 95 gr/km, em média, o limite de emissões, muitos construtores encarregaram-se de matricular em vários mercados carros que podem, assim, fugir às novas regras. Segundo Felipe Munoz, analista da JATO, citado pela Automotive News Europe, “o crescimento é devido, em grande parte, à matriculação de carros sem cliente para os vender como carro ‘zero quilómetros’ ou como usado em 2021.”

Ou seja, esta situação mostra, claramente, que as regras de 2020 são duras e complicadas, ameaçando o mercado ter um trambolhão violento, no Velho Continente, que as medidas de amortecimento não vão conseguir amparar.

Porém, nada disto é surpreendente e vários responsáveis de alguns construtores e alguns analistas já tinham predito que dezembro seria um mês fabuloso em termos de vendas. Fabuloso para os números, pois para os construtores é mais uma maneira de perder dinheiro.

Olhando para os números da JATO, publicados pelo Automotive News Europe, vemos que o Ford Kuga viu as vendas crescerem 127% para 22.045 unidades, com a Ford a dizer que o “restyling do carro tornou-o mais amigo do mercado” (risos). Depois, o Dacia Duster cresceu 59% nas vendas para 20.933 unidades, o Nissan Qashqai subiu 47% para 19.726 unidades e o BMW Série 3 subiu 127%. A Suzuki viu o VItara crescer 133% e o pequeno Smart ForTwo subiu 174%. 

Entre os híbridos, liderança da Toyota com o Corolla e o mercado a subir 41%, liderando os híbridos Plug In o BMW Série 3, com o segmento a crescer 80% nas vendas. Já o Tesla Model 3 representou 43% dos carros elétricos vendidos.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)