Toyota apresenta a segunda geração do Mirai

By on 30 Novembro, 2020

O lançamento do novo Toyota Mirai é um dos mais aguardados do momento. A segunda geração do elétrico com tecnologia de pilha de combustível a hidrogénio representa uma total revolução quando comparado com o seu antecessor, tendo crescido 85 milímetros, aproximando-se agora dos 5 metros de comprimento. A distância entre eixos cresceu 140 milímetros devido à adoção da plataforma modular GA-L, oferecendo agora mais espaço no seu interior.

Aumentar a autonomia do Mirai foi uma das prioridades da Toyota, tendo conseguido um melhoramento na ordem dos 30%. A autonomia do Mirai é agora de cerca de 650 quilómetros. Também a introdução da nova plataforma permitiu não só incluir um depósito adicional para o hidrogénio, bem como deslocar a célula de combustível para a frente, permitindo um mais eficiente aproveitamento do espaço.

A posição “em T” dos tanques de alta pressão contribui igualmente para o reduzido centro de gravidade do novo Mirai. O motor elétrico e a bateria estão colocados sobre o eixo traseiro permitindo alcançar uma distribuição de peso equilibrada de 50:50. A Toyota promete uma dinâmica exemplar para o novo Mirai.

A célula de combustível do Mirai é agora bem mais compacta apesar de mais potente. A potência subiu de 114 para 128 kW, um novo recorde de potência específica. A redução de peso comparativamente à célula do Mirai original é de cerca de 50%. A bateria também é mais pequena, mas tem uma densidade energética superior. A velocidade máxima do novo Mirai é de 175 km/h e a aceleração de 0 a 100 km/h faz-se em 9,2 segundos.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)