Volkswagen transforma o elétrico ID.4 GTX num modelo bem mais radical

By on 9 Setembro, 2022

Chama-se ID.Extreme e é uma nova abordagem totalmente elétrica da Volkswagen a um mundo mais afastado do asfalto, ainda que num patamar bem mais real do que o ID.Buggy apresentado em 2019.

A pouco e pouco, a Volkswagen tem vindo a desenvolver a sua família ‘ID’ de modelos totalmente elétricos, seja com opções destinadas a uma produção em massa, como o ID.3 e o ID.4 ou outras que tentam fazer a ligação ao passado da marca alemã como o ID.Buzz ou o ID.Buggy Concept. Mas agora, e aproveitando um evento de clientes e entusiastas desta nova família, a Volkswagen aproveitou para apresentar esta sua nova visão para ideias mais aventureiras.

A base do projeto é um ID.4 GTX, a opção mais desportiva da gama. Mas para esta versão mais ‘extrema’, a Volkswagen aumentou um pouco a potência do sistema, que passa dos 299 cavalos para os 388. A tração é feita às quatro rodas, graças à presença de um motor elétrico em cada eixo, mas ainda há outras alterações me dão uma ajuda aos troços mais alternativos.

Para começar, todo o conjunto foi um pouco subido graças à presença de uma suspensão inspirada nos modelos de rally e depois, foram adicionadas jantes de 18 polegadas com pneus de todo-o-terreno, que dão uma ajuda em termos de tração. Visualmente, as maiores diferenças estão na barra metálica existente no para-choques dianteiro, que também tem uma proteção metálica na zona inferior. Além de tudo isto, a Volkswagen terminou os ajustes visuais com um conjunto de barras de tejadilho longitudinais, onde foi instalada uma barra de LED que não só contribui para um visual mais aventureiro, como também será certamente uma ajuda preciosa nos momentos em que nos estivermos a afastar da civilização e o sistema de iluminação do ID.4 já não for suficiente.

Claro que esta é praticamente uma “brincadeira” atirada para o meio de um dos grupos mais entusiastas desta nova família ID de forma a captar todas as suas reações. E se estas forem mesmo muito positivas, quem sabe se a Volkswagen não começa a pensar mais a sério em algo semelhante?

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)