BMW M235i xDrive Gran Coupé – Ensaio Teste

By on 10 Dezembro, 2020

BMW M235i xDrive Gran Coupé – Ensaio Teste

Carroçaria de quatro portas com coração de atleta

Texto: Guilherme André

A BMW decidiu lançar o Gran Coupé como um claro rival do Mercedes-Benz CLA. Para tal, o modelo foi munido de argumentos bastante semelhantes como é o caso de uma base de tração dianteira, a mesma do Série 1, mas também com uma carroçaria de quatro portas com um estilo mais desportivo. Desportivo é exatamente a palavra indicada para caracterizar a versão que tivemos em ensaio, o M235i xDrive Gran Coupé. Tal como devem ter reparado, tem xDrive no nome, o que indica que estamos perante um carro de tração integral, ao contrário do que podemos encontrar a versão M240i Coupé em que a potência chega apenas às rodas traseiras. Contudo, isto não é de estranhar porque, lá está, tem o rival CLA 35 4MATIC, igualmente com tração às quatro rodas, “debaixo de olho”.


Mais:

qualidade do interior, utilização diária

Menos:

design exterior, preço

Exterior
Interior
Equipamento
Consumos
Ao volante
Concorrentes
Motor
Balanço final
Ficha técnica

Exterior

Exterior (6/10) Para este modelo a BMW alterou bastante o visual face ao coupé. Se por um lado consideramos que a secção dianteira é relativamente bem conseguida, do pilar B para trás apresenta proporções que dependem muito do gosto de cada um: ou adora, ou detesta. Mesmo munido de todos os “brindes” M Performance, continua a ter uma imagem difícil de aceitar por parte de uma marca que já nos deu veículos que ficaram para a história exatamente pelo design exterior. Ainda assim, de relembrar que é a primeira geração de um modelo completamente novo e, para além disso, é também o primeiro Gran Coupé que não foi feito com uma base de tração traseira. A versão ensaiada está ainda equipada com as opcionais jantes de 19 polegadas com raios duplos bicolores.

Interior

Interior (8/10) Se por fora o design deixa-nos um pouco apreensivos, no interior as coisas mudam de figura. É um verdadeiro BMW pela qualidade premium dos materiais e de montagem. Recheado de tecnologia, cada vez mais importante para os consumidores, está equipado com um painel de instrumentos digital e um ecrã central de 10,3 polegadas. Este último transmite as informações do iDrive, um sistema de infotainment intuitivo, com bons gráficos e com menus organizados. Este torna-se ainda mais fácil de utilizar durante a condução graças ao manípulo circular que encontramos na consola central que nos permite mudar de funções sem tirar os olhos da estrada.  

A versão ensaiada estava equipada com bancos desportivos M, um opcional de 422€, que são, a nosso ver, praticamente imprescindíveis. Para além de confortáveis, têm uma grande amplitude de regulações e permitem, inclusive, ajustar a largura dos apoios laterais das costas. Relativamente ao espaço, na dianteira é agradável, enquanto atrás sofre pelo estilo coupé que reduz a altura para a cabeça. De facto, pessoas com 1,80 cm ou mais podem sentir-se algo desconfortáveis, no entanto, tem uma acessibilidade melhor do que o rival. Quanto à bagageira, que apresenta 430 litros, de salientar um acesso surpreendente para um coupé. De um modo geral, é um interior bem conseguido e que demonstra o porquê da BMW ser uma marca premium.

Equipamento

No capítulo do equipamento o BMW M235i xDrive Gran Coupé tem um bom recheio de série, porém, facilmente nos “perdemos” nas várias, e boas, soluções oferecidas na lista de opcionais. A unidade em ensaio tinha alguns como é o caso do Pack M Performance (1260€), bancos desportivos M (423€), sistema de som surround Harman/Kardon (716€), pack comfort (1220€), Pack Innovation (2358€) ou o Pack conectivity (1341€). Com a inclusão de todos estes pacotes e equipamentos o preço saltou dos 61 mil euros base para uns expressimos 73 268€. 

Consumos

Consumos (8/10) Relativamente a consumos, registamos uma média de 7,7 l/100 km numa utilização “normal”, mas com o pé direito ligeiramente mais pesado e o recurso excessivo do botão Sport, os valores saltam com relativa facilidade para valores superiores aos 10 l/100 km. Estes números não deixam de ser aceitáveis tendo em conta que temos mais de 300 cavalos debaixo do capot.

Ao volante

Ao Volante (8/10) Ao volante, o BMW M235i xDrive Gran Coupé mostrou que é possível ter um desportivo sem que isso signifique um grande desconforto numa utilização diária. Apesar da suspensão firme e dos pneus de baixo perfil, consegue superar as saliências da estrada sem grandes preocupações. Porém, isso não quer dizer que prejudica as aptidões dinâmicas, bem pelo contrário. Num andamento mais acelerado, o M235i xDrive é extramente eficaz e facilmente mantemos a tração toda no chão em curvas mais fechadas. Porém, os puristas da BMW, podem sentir a falta de uma traseira mais atrevida ao toque do acelerador. 

Concorrentes

Mercedes-AMG CLA 35 4MATIC – Motor: 2.0 litros turbo a gasolina; potência – 306 cavalos; tração – integral; aceleração dos 0 aos 100 km/h – 4,9 segundos; velocidade máxima – 250 km/h; preço base – 61 700€

Motor

Motor (8/10) O M235i xDrive está equipado com um motor quatro cilindros de 2.0 litros turbo, que debita 306 cavalos e 450 Nm de binário, associado à transmissão Steptronic de oito velocidades. Tal como já foi referido, tem tração integral, com até 50% da potência a chegar às rodas traseiras, o que permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em 4,9 segundos. Mais uma vez, vemos que a BMW apresentou uma solução em tudo semelhante ao CLA 35 4MATIC. Tal como os números indicam, sentimo-nos quase empurrados contra o banco de cada vez que pisamos o acelerador a fundo.

Balanço final

Balanço Final (8/10) A BMW entrou num segmento com um tipo de cliente muito próprio. Tendo o CLA como principal rival, o Gran Coupé tem a difícil tarefa de começar do zero, enquanto o rival alemão já vai na segunda geração. Seja como for, esta versão M235i xDrive Gran Coupé tem argumentos válidos para conseguir “seduzir” os clientes, embora tenha um design exterior muito próprio. Se o objetivo é adquirir um desportivo dinamicamente muito eficaz, mas também com uma experiência de condução agradável numa utilização quotidiana, o M235i xDrive Gran Coupé é uma excelente opção. No entanto, se quer a envolvência típica de um BMW M e uma traseira mais atrevida, talvez deva procurar outra solução, como por exemplo, o M240i coupé ou um modelo de segmento superior.

Ficha técnica

Motor Tipo: 4 cilindros em linha, turbo, intercooler, gasolina; Cilindrada (cm3): 1998; Diâmetro x Curso (mm): 82 x 94,6; Taxa de Compressão: 9,5:1; Potência máxima (CV/rpm): 306/5000-6250; Binário máximo (Nm/rpm): 450/1750-4500; Transmissão: automática de 8 velocidades; Direção: Pinhão e cremalheira assistida eletricamente; Suspensão (ft/tr): independente, tipo McPherson/paralelogramo deformável; Travões (fr/tr): discos ventilados/discos ventilados. Prestações e consumos Aceleração 0-100 km/h (s): 4,9; Velocidade máxima (km/h): 250; Consumo misto (l/100 km): 7,6; Emissões CO2 (gr/km): 172. Dimensões e pesos Comprimento/Largura/Altura (mm): 4526/1800/1420; Distância entre eixos (mm): 2670; Largura de vias (fr/tr mm): 1563/1560; Peso (kg): 1645; Capacidade da bagageira (l): 430; Deposito de combustível (l): 50; Pneus (fr/tr): 235/35 R19

Preço da versão ensaiada (Euros): 73268€
Preço da versão base (Euros): 61000€