ENSAIO: BMW 340i

By on 20 Fevereiro, 2016

O novo BMW 340i surge com o motor potente, um chassis muito equilibrado e tem agora argumentos para a dura luta pela primazia da sua classe

20160113_085224

O BMW 340i não é o M3, mas ainda assim oferece uma fabulosa experiência de condução, que não sendo a mesma do fantástico M3, é bem capaz de fazer subir os níveis de adrenalina também a valores bastante elevados, ainda que de uma forma mais, digamos, moderada. Claro que qualquer entusiasta de carros desportivos é bem capaz de achar imensas faltas de virtude, mas a verdade é que facilmente damos com este BMW 340i a surpreender-nos pela positiva.

Sendo um Serie 3 um carro claramente de executivos, as mudanças que o modelo deste ano sofreu debaixo do capô, e não só, levam-nos para patamares diferentes. O novo motor BMW TwinPower Turbo de 6 cilindros em linha a gasolina com 326 cv e caixa de oito velocidades automática são um deleite que estão constantemente a pedir um ‘pezinho para a dança’, e o binário máximo de 450 N.m logo disponível abaixo das 1500 rpm está sempre a pedir umas valentes aceleradelas.

20160113_092123_001

Curiosamente, a entrega de potência tanto pode ser brutal, como suave. Se a velocidade máxima de 250 km/h foi impossível de atestar em Portugal – se não quisermos prevaricar, claro, como foi o caso – já a aceleração dos 0 a 100 km/h em 5,2 segundos foi perfeitamente percetível, mesmo sem cronómetro (logicamente não ao décimo de segundo). É impossível guiar este carro muito devagar, pois a capacidade de resposta logo em regimes baixos é grande e ainda por cima a ação vem sempre com o acompanhamento de um som fantástico do motor. Este motor é puro deleite!

20160113_085237

Acredito que a concorrência com bons motores de quatro cilindros em linha, bastante mais baratos, vá vender mais, mas duvido que algum dos seus condutores alguma vez tenha tanto prazer de condução, como a que pode ter com este BMW 340i. O chassis também foi melhorado, tem agora um feeling ainda mais desportivo e, na verdade, a esse nível seria preciso um teste bem mais ‘rigoroso’ para poder descobrir eventuais ‘falhas’ a esse nível. A geometria da suspensão não se alterou, mas está agora melhor integrada na carroçaria, o que se reflete na rigidez torsional global do carro.

20160113_085224

PURO DELEITE
O prazer de condução é grande ainda que a direção tenha parecido um pouco pesada demais, mas perfeitamente precisa e responsiva. Esta versão desportiva M que encarece o modelo em mais 4557,72 € surge, entre outros, com pneus runflat, transmissão automática desportiva Steptronic, suspensão adaptativa, bancos dianteiros desportivos, volante desportivo M em pele e pack aerodinâmico M, que emprestam ao 340i uma dinâmica ainda mais arrojada, com a suspensão, por exemplo, a poder ser afinada ao gosto do condutor, com todas as vantagens que daí advém.

20160113_085204

Muita potência e excelente maneabilidade tornam este BMW 340i o mais rápido Série 3 que o dinheiro pode comprar

No interior também se notam alterações, embora nada de muito significativo face ao que já era conhecido. Com tudo isto a BMW esteve bem na substituição do ‘velho’ 335i, sendo este 340i o mais rápido e performante Série 3 que o dinheiro pode comprar. Não é clara alternativa para o BMW M3, nesse caso falamos ‘doutra’ coisa, mas também é muito mais barato. Todos os detalhes que verdadeiramente interessam e que fazem deste Série 3 um modelo que reúne tantas preferências, estão lá sendo que agora, anda mais, é mais eficiente, enfim, trata-se de tornar ainda melhor o que já é muito bom.

20160113_085449

Preço
€60 550

Motor: 6 cil. em linha, Injeção direta, TwinPower Turbo, Intercooler, 2998 cm3
Potência: 326 cv/5500-6500 rpm
Binário 400 450 Nm/1380-5000 rpm
Transmissão: traseira, cx. automática 8 veloc.
Suspensão: MacPherson; Independente multibraços
Travagem: DV/DV
Peso: 1615 kg
Mala: 480 l
Depósito: 60 l
Velocidade máxima: 250 km/h
Aceleração 0-100 km/h: 5,1s
Consumo médio: 6,5 l/100 km
Consumo médio AutoSport: 9,2 l/100 km
Emissões de CO2: 159 g/km

 

 

Deixe um comentário

Please Login to comment