Ensaio: LEXUS RC300 H

By on 25 Maio, 2016

Dar nas vistas, com humildade. Estar ao volante e passear… (muita) classe! Assim é o RC300 h, um coupé hibrído de luxo

2016_Lexus_RC_300_002_A43F23990EB4EA250AEF88451827DA6933BCD4CF

Estar estacionado e sentir a atenção de terceiros. Olhar o retrovisor e ver o condutor de um ‘concorrente’, de smartphone em riste, a fotografar a traseira. Ir na autoestrada e sentir uma estranha proximidade, que atravessa a margem do aceitável, olhar novamente o retrovisor e apanhar quem se encontra ao volante a tentar colocar o carro na melhor posição, para o pendura… fotografar. Ser o centro de todas as atenções, um destino comum… o Lexus RC300 h.

Apresentado pela marca como “o primeiro coupé de luxo híbrido do mundo”, o RC300 h seduz quem olha para ele pela elegância inconvencional das suas linhas, sem dúvida rechedas de muita identidade. Com ele passeia-se uma aura de calma, tranquilidade, harmonia cintilante, que nos faz querer ver, desfrutar até ao último segundo da sua imagem, e querer rodar o pescoço só mais e uma última vez, sempre só mais uma… Um efeito centrípeto provocado pela sua estética leve, com brio e garbo, sem ser exuberante.

2016_Lexus_RC_300_003_FD93C23DD04F305EFDA56724A377B59A7BAEE411

O Lexus é aquele amigo, sempre lá quando preciso, que marca presença pelo que é, não pelo que tenta ser. Irresistível, o fruto proibido, e, por isso, muito apetecido. ‘Toc’, e com um leve abrir de porta mergulhamos no mundo Lexus. O interior deste coupé, de espaço reduzido, não dá largas a grandes movimentos. Pelo contrário, somos diretamente enviados para o lugar, condutor ou passageiro, como se um só caminho houvesse, um ‘quase’ cockpit, em que o conforto e simplicidade saltam à vista. A qualidade dos materiais é o toque final que dão gosto à vista e prazer ao tato. No habitáculo são disponibilizados os sistemas multimédia Lexus Display Audio (LDA), Navegação Multi Visão Eletrónica (EMVN), ecrãs Multi-Informação de 4.2 polegadas e de 7 polegadas ao centro do painel de bordo e um sistema Mark Levinson Premium Surround com 17 colunas. Feito o reconhecimento, passamos a outra fase.

2016_Lexus_RC_300_001_21FEAA1AFBE8DA3F28C754112F0645BD9C666D03

EM AÇÃO
Ligamos o motor e… tudo na mesma. A quase ausência de barulho recorda-nos que temos um carro híbrido nas mãos. Em estrada este revela-nos os tempos modernos, em que nem sempre o estilo está em conformidade com uma potência e ruído a rigor. Tal significa que este Lexus é um veículo para desfrutar da viagem, sem preocupações, e não tanto para grandes correrias ao volante, apesar de possíveis. Os 223 cv de potência combinada – sistema Lexus Hybrid Drive, motor a gasolina (181 cv) e elétrico (143 cv) – deixam água na boca, permitindo-nos andar depressa, mas fazendo-nos querer mais. Na matemática das contas, pensar que são 1850 kg de ‘lastro’ faz perceber o porquê da ‘limitação’. À disposição do condutor estão três modos – Eco, Normal, Sport. No primeiro, é possível fazer médias de 8,9 l/100, mas falta-nos um algo que nos é dado no Sport. Aí uma zoada firme, meio eletrónica, é sentida. Em curva, o peso sobre o eixo traseiro faz com que, mesmo que a traseira ‘queira’, não tenha margem para grandes fugas, ainda que o chiar de pneus seja um reconforto digno de excessos ao volante. Sente-se a deslocação do peso… e seguimos tranquilamente viagem. A perfeição. ‘Toc’, fecho de porta, a despedida. Rodamos o pescoço, ligeiramente, uma última vez, um “adeus”, tímido, a custo, que coloca um ponto final na relação. 50.500 €, de volta ao sonho.

2015_Lexus_RC_350_F_SPORT_011

Preço base 50 850€

Motor: 4. cil., Híbrido, inj. mista direta/indireta, 2494 cm3 (Motor Gasolina)
Potência: 223 cv
Binário: 300 N.m.
Transmissão: Variável contínua controlada
Suspensão: Triângulos duplos à frente e sistema Multibraços atrás
Travagem: DV/DV
Peso: 1850 kg
Mala: 340 l
Depósito: 340 l
Vel. Máx.: 190 km/h
Aceleração 0 aos 100 km/h: 8,6 S
Consumo médio: 4,9 l/100 km
Consumo médio AutoSport: 8,9 l/100 km
Emissões de CO2: 108 g/km