ENSAIO: MERCEDES GLS 350d 4MATIC

By on 6 Setembro, 2016

É verdade que esta nova versão mais não é que um ‘facelift’ da class GL, onde a Mercedes já nos tinha habituado a um conforto e qualidade sem igual,agora com um design que traz uma frente redesenhada, além de uma traseira com para-choques e farolins modificados.

No interior, o painel de instrumentos foi reconfigurado, integrando agora um ecrã, há um novo volante multifunções de três raios e uma consola central modificada com um touchpad, assim como novas opções de cores e revestimentos, o que nos transmite uma superioridade de um bom gigante. Contudo esta nova versão, impressiona à primeira vista pelas suas dimensões 5,13 metros de comprimento, 1,93 m de largura, 1,85 m de altura e 3,75 m de distância entre eixos. Mas não se pense que estas dimensões fazem deste Mercedes um gigante com grandes limitações. Esqueça isso, trata-se de um SUV com facilidade de manobra, oferecendo uma variedade de câmaras e sensores, que facilitam a vida ao menos experiente dos condutores.

Para além disso, conduzir este bom gigante, é um prazer enorme pela sua capacidade de mobilidade e conforto até porque a direcção é extremamente leve e o sistema 4Matic envia energia para as quatro rodas, o que aumenta os níveis de tração. As razões para que mantenha uma condução confortável e descontraída, passam igualmente pelos novos padrões de segurança deste SUV, que entre as muitas características únicas, apresenta-se como o único veículo do segmento a disponibilizar o sistema Crosswind Assist no equipamento de série, além de novos sistemas de segurança, assistência à condução e telemetria. De série inclui o Collision Prevention Assist Plus, Crosswind Assist e Attention Assist.

Opcionalmente, há o renovado sistema de infotainment Comand Online com um ecrã de oito polegadas e o sistema Active Curve System, que evita o rolamento da carroçaria. Estes diversos sistemas de segurança
e assistência disponíveis nos equipamentos de série e opcionais ajudam o condutor a chegar ao destino de forma mais segura e descontraída. Ainda assim, caso ocorra um acidente, os sistemas de segurança asseguram a melhor proteção possível para os ocupantes do veículo.

Quanto aos modos de condução modificada, o opcional Pack On&Offroad proporciona ao condutor maior controlo sobre o veículo, seja em estrada ou fora dela. O condutor pode optar entre seis modos de condução diferentes através de um interruptor rotativo. Cada modo de condução adapta a configuração do veículo à situação de condução e à superfície da estrada tão eficazmente quanto possível, mas mostrando-se verdadeiramente apto para os desafios. Além destes sistemas de condução, pode contar igualmente com uma renovada suspensão com amortecimento adaptativo Airmatic (que permite aumentar a altura ao solo para 306 mm e passagens a vau até 600 mm), e uma nova caixa automática de nove velocidades 9G-Tronic, onde os rácios extras proporcionam flexibilidade e aumentam a eficiência de consumo.

Já espaço é coisa que não falta no interior deste Mercedes GLS 350d 4Matic e nada falta para o conforto de sete ocupantes, mesmo na terceira fila, onde os dois bancos ali instalados e que recolhem automaticamente, disponibilizam uma espaço interessante para os seus ocupantes esticarem as pernas. Aliás, em comparação com alguns dos seus rivais, o Mercedes bate a maioria aos pontos, já que há visivelmente mais espaço para os ocupantes da terceira fila, sempre do agrado dos mais jovens da família que apreciam viagens na última fila de bancos com espaço para se esticarem livremente.

Além disso, o teto panorâmico, disponível Espaço, conforto e qualidade. Nada falta neste novo SUV da Mercedes que bem se pode dizer que não deixa nada ao acaso para que sete pessoas possam ter uma viagem confortável seja em que situação for como opção, torna o interior do veículo muito mais luminoso e aconchegante, permitindo maior sensação de espaço. O volume da bagageira, mesmo com os dois últimos bancos montados, é grande o suficiente para fazer face a umas férias de uma família numerosa como é o meu caso, onde a bagagem dos mais novos é bastante diversificada e volumosa, já que tem transportar todos os acessórios próprios das férias de verão.

Contudo, para isso contamos com os impressionantes 2300 litros de capacidade máxima do compartimento de carga, que, com os bancos traseiros rebatidos, são um espaço para toda a carga e com os bancos montados espaço também é coisa que não falta. Este novo modelo conta com motores mais eficientes, o motor Diesel V6, com potência aumentada e nível de consumo otimizado, debita 258 cv de potência graças à tecnologia common-rail da terceira geração, com injetores mais rápidos e precisos, de a elevada pressão de injeção, e o turbo com geometria variável, que garantem um binário máximo de 620 Nm, que se traduz numa excelente disponibilidade do motor em todas as situações de condução, com baixo nível de emissões e de consumo de combustível. Quando fora de estrada, enganam-se aqueles que pensam que os SUV de luxo não corresponde ao prazer de uma condução em segurança e estável, já que as suspensões, asseguram um bom equilíbrio entre conforto e controle do carro quando andamos um pouco mais depressa. Em suma, um carro a pensar numa família numerosa ou mesmo em todos aqueles que gostam de espaço para as suas atividades de lazer, aliado ao conforto e prazer de condução.

FICHA TÉCNICA

MOTOR V6 TurboDiesel
POTÊNCIA 258CV/3400 RPM
BINÁRIO 620NM / 1600-2400 RPM
TRANSMISSÃO TRAÇÃO INTEGRAL PERMANENTE CX. AUT. DE NOVE VEL.
SUSPENSÃO TRIÂNGULOS DUPLOS À FRENTE E MULTILINK ATRÁS
TRAVAGEM DV/DV
PESO 2455KG
MALA 680-2300 L
DEPÓSITO 100 L
VEL. MÁXIMA 222 KM/H
ACELERAÇÃO 0-100 kM/H 7,8 S
CONSUMO 7,6 L / 9,4 L /100 KM (AUTOSPORT)
EMISSÕES 185 G/KM- CO2

PREÇO BASE 107 500€

QUER SABER MAIS SOBRE ESTE AUTOMÓVEL?
Clique AQUI e aceda à mais completa informação que a marca tem sobre este modelo