ENSAIO: Volkswagen Touran 2.0 TDI Highline 150 CV DSG

By on 21 Maio, 2016

O novo Touran alia comodidade e sentido prático, num carro que pode ser usado para o dia-a-dia ou para grandes viagens

VolkswagenTouran_02

Com 4,52 m de comprimento (mais 13 cm que o modelo anterior) e 1,82 m de largura, o Touran garante-nos espaço para muito, sem medidas exageradas para o uso quotidiano. A Portugal chegou unicamente na versão de sete lugares e revela-se uma boa opção para famílias que pensem em expansão, para dois ou mais filhos.

A maior distância entre eixos, 2,79 m, permitiu aumentar o espaço no habitáculo (63 mm mais comprido), que tem um interior ‘pragmático’ com 47 zonas de arrumação, e sem que o conforto saia penalizado. Dos sete lugares, os três da fila intermédia podem ser deslocados de forma independente e variarem na sua inclinação. Todos os bancos (exceto o do condutor) podem ser rebatidos, formando uma superfície de carga completamente horizontal. O sexto e sétimo lugares são úteis, mas uma pessoa com mais de 1,50m terá forçosamente de ir encolhida, porque o espaço aí não abunda. O interior apresenta revestimentos elegantes, mas sem demasiados adornos.

VolkswagenTouran_03

A bagageira é a maior da categoria, segundo a marca, e cresceu 33 l (633 l), sendo de 137 l com os sete lugares disponíveis. Se as medidas ‘esticaram’ no comprimento, o Touran foi aligeirado no peso, agora com 1640 kg, que significa uma redução de 62 kg. No exterior as linhas da carroçaria transmitem uma imagem refrescada e uma opção direcionada para um público mais jovem que o ‘irmão’ mais velho, o Sharan. O motor 2.0 TDI é progressivo na resposta e suficiente para as necessidades, numa versão em que a caixa automática DSG se adequa na perfeição a um carro vocacionado para a família, garantido uma troca de relações ‘no ponto certo’. Os consumos quedam-se pelos 6,3 l/100 km e não sobem muito com o carro mais cheio.

Os faróis em LED vieram substituir os de xénon e, na versão de topo, contam com a função de curva dinâmica, satisfazendo na plenitude as necessidades de iluminação noturna. Nota também para a porta traseira com mecanismo de abertura elétrico e a função automática da bagageira Easy Open (ativado por um movimento do pé), bastante útil se estivermos ‘sem mãos para abrir’.

VolkswagenTouran_04

Destaque ainda para o novo MIB II que permite ligar praticamente todos os smartphones, estando também disponível um interface de infotainment para tablets. Ao nível de equipamento há ainda os sistemas de assistência, montados pela primeira vez no Touran – aqui estão incluídos o sistema de travagem multicolisão (de série) e Adaptive Cruise Control (ACC), entre outros. No nível de equipamento Highline, da versão ensaiada, destaque ainda para: Cruise Control Adaptativo; Indicador Multifunções e Suspensão Desportiva. ‘Detalhes’ que acrescem 1452 € à fatura face à mesma versão com equipamento Confortline.

Preço: 41.226 €

Motor 4 cil., Diesel, inj. direta, common rail, turbo de geometria variável e intercooler, 1968 cm3
Potência 150 cv/3500 – 4000 rpm
Binário 340 N.m./ 1750 – 3000 rpm
Transmissão Dianteira, cx. aut. DSG de 6 vel.
Suspensão McPherson com molas helicoidais à frente e eixo de torção com molas helicoidais atrás
Travagem DV/D
Peso 1640 kg
Mala 663-137 (5/7 lugares disponíveis)
Depósito 58 l
Velocidade máxima 206 km/h
Aceleração 9,3s 0 a 100 km/h
Consumo médio 4,7 l/100 km
Consumo médio AutoSport: 6,3 l/100 km
Emissões de CO2 125 – 126 g/km

Deixe um comentário

Please Login to comment