Mazda3 HB 2.0 e-Skyactiv G 150 cv Homura – Ensaio Teste

By on 12 Abril, 2023

Num segmento C que é fortemente disputado, tal a qualidade das propostas que existem, este Mazda3 HB 2.0 e-Skyactiv G 150 cv tem para mim dois argumentos que são fundamentais. Proporciona um grande prazer de condução, e tem um motor económico que nos permite alguma diversão quando mudamos o ‘chip’ para algo mais irreverente.
Não é o mais barato face aos concorrentes, mas tem argumentos que podem fazer alguma diferença. Agora depende das suas preferências…

Hoje em dia não há carros maus. Há uns que são melhores em alguns aspectos, outros mais ‘generalistas’, que tocam música mais ‘variada’, sendo esses os que mais vendem, mas este Mazda é distinto em alguns pontos e esse é o seu grande argumento.
A maior parte das pessoas que conheço, acabam por adquirir um automóvel que tenha boa nota em muitos itens, mas também há aqueles que apontam para menos objetivos e curiosamente este Mazda toca em três que destaco. O motor, os consumos e a imagem.
Qualquer pessoa que pretende comprar um carro deve agarrar numa folha e colocar lá os pontos importantes que o carro deve ‘preencher’ na sua vida.
Não faz qualquer sentido comprar um carro apenas porque “é bonito”. O comprador racional deve ponderar os prós e os contras, destacando o que realmente quer do carro que pretende adquirir.
Este Mazda 3 não é nem de perto dos que mais vende no seu segmento, mas isso também não é um ponto negativo, porque lhe dá exclusividade, e há pessoas que não querem um carro “que toda a gente tem”.
Em primeiro lugar este Mazda tem um imagem fantástica, embora gostos nunca se discutam, o carro tem uma boa qualidade geral, gostei bastante do comportamento dinâmico, mas o que me surpreendeu mais foram os consumos.
Tinha pela frente quatro dias de ensaio que variavam entre uma viagem de 700 Km, autoestrada, em que precisava de me despachar e outros dois de ‘cidade’ e um bocado de estrada. O que o que tive? Consumos muito interessantes, em cidade e auto-estrada.
E isso foi o que mais me surpreendeu no carro. Contudo, claro que tive cuidado com o pé direito, embora nem sempre…
Também houve coisas que gostei menos. O escalonamento algo longo da caixa, a habitabilidade traseira é parca, mas cumpre. O que mais me preocupa é que sou ainda de uma geração que preza muito o prazer de condução mas vivo numa era em que os consumos são por demais importantes. E este carro ‘checa’ esses dois items…
Não é um carro de família, há outros bem mais indicados para isso, mas este motor ‘mild-hybrid’, ainda que não faça milagres, é mesmo muito interessante.
Já tive oportunidade de de guiar outros carros do segmento C, o Astra, 308, Golf, Focus, e gostei mais deste Mazda 3. Mas não para ‘filme geral’. Teria de ser racional na compra, porque lá está, a tal folha com os pontos importantes iria afastar-me deste carro, mas pode haver gente que preza muito mais o que destaco neste carro.
As sensações ao volante, o motor, o consumo e a imagem. É mesmo um carro para quem gosta de conduzir, mas se tiver que lá meter dentro toda a ‘criançada’, nem por isso.
Ah, e outra coisa: o som do motor é tão bom quando se chega à rotação ‘certa’…

Exterior

8/10

Exterior 8/10
Gostos não se discutem, mas a imagem é muito forte neste Mazda 3. Destaca-se em vários pontos, tem tanto de simples como de agressivo, tem claramente um visual desportivo. Há muito que não gostava tanto do visual de um carro deste segmento.

Interior

6/10

Interior 6/10
Os materiais são de alta qualidade, e sobressai a vários concorrentes do segmento.
Ao contrário de vários outros concorrentes, a Mazda opta ainda por um tablier simples e um ‘mini-tablet’ eficiente e não demasiado grande.
O mantém o comando rotativo mesmo ao alcance da mão direita, que nos permite manter o olho na estrada. O head-up display é importante, todos os carros o deviam ter, mesmo as gamas mais baixas,
A posição de condução é boa, mas o espaço não é muito, não é um carro em que condutores mais ‘espaçosos’ se sintam 100% à vontade, os cotovelos tocam facilmente à esquerda e à direita, mas isso é mais defeito do condutor do que do carro.
Atrás, o espaço não é muito, mas é quase insuficiente para dois adultos mais altos, especialmente nas cabeças. O conforto é diretamente proporcional à extensão da viagem.
A bagageira tem menos 20 litros que o líder do segmento na Europa, mas esse é apenas um detalhe.

Equipamento

8/10

Equipamento 8/10
Este Mazda 3 foi ensaiado com a versão com o nível de equipamento da edição especial Homura, a mais bem equipada. Gosto especialmente das jantes em preto brilhante, a mesma cor aplicada às coberturas de espelhos exteriores, bem como um interior com estofos em tecido com costuras contrastantes em vermelho.

Consumos

8/10

Consumos 8/10
Foi aqui que fiquei agradavelmente surpreendido. Um motor 2.0 litros atmosférico a gasolina é quase sempre sinal de consumos elevados, mas é precisamente o contrário que sucede com este motor. Esta motorização e-Skyactiv-G está equipada com um sistema mild-hybrid, que ‘queima’ bem menos combustível. A Mazda alega que consome cerca de menos 20%, e na verdade isso nota-se. Mesmo em auto estrada, várias vezes a ter que ‘andar’ mais um pouco não foi nada difícil manter o consumo pouco acima dos 6.0l/100 Km, 6.7 no máximo, e o mesmo se pode dizer da condução em cidade/vias mais rápidas, como a ‘conhecida’ IC19, por exemplo. 6.2-6.4 l/100 km, sem grande esforço.

Ao Volante

8/10

Ao Volante 8/10
O carro guia-se muito bem, é um dos seus pontos fortes, não é um desportivo, mas o chassis aguenta-se bem a ‘cargas’ mais agressivas, houve mesmo uma situação um pouco exagerada que podia ter corrido pior, e o carro saiu de lá com muita facilidade, o que me diz que a maioria dos condutores nem chega perto do que o chassis aguenta.
Só gostei menos da caixa que é longa demais. Talvez seja essa parte do ‘trade-off’ do consumo, mas é demais. A direção é leve, precisa, a suspensão está menos afinada para conforto do que dinâmica, mas esse é um ponto distintivo. Lá está, quem gosta de prazer de condução, agradece.

Motor

8/10

Motor 8/10
É o grande argumento, um motor de 150cv que gasta pouco. Este motor e-Skyactiv-G de 150 cv com um sistema mild-hybrid de 24v é muito eficiente, a Mazda fez um grande trabalho. Entre novos pistões, software e mexida no rácio de compressão, o sistema de desativação de dois dos quatro cilindros, tudo isto permite ganhos sensíveis, mas em termos globais. Mas não é, por exemplo, um motor que tenha o binário logo disponível, mas quando lá chega a ‘orquestra’ é excelente.

Balanço Final

7/10

Balanço Final 7/10

Pode contar com um grande chassis, motor económico e que anda q.b., o interior é espartano e não dá para famílias mais numerosas. O facto do motor conseguir ‘bater-se’ em termos de consumos com os concorrentes com motores de três cilindros é bom, mas os 2.0 litros são muito maus para os nossos impostos, especialmente o IUC. Mas como já referimos, tem argumentos que podem tocar diretamente no que queremos de um carro destes. 
De referir ainda que a gama nacional do Mazda3 tem duas carroçarias, Hatchback(HB) e Sedan (CS), os níveis de equipamento vão desde o Evolve (HB e CS), Excellence (HB e CS) e Homura (só HB), como é o caso do carro deste ensaio. Quanto a motores, na gama temos o 2.0 e-Skyactiv G de 122 cv, 2.0 e-Skyactiv G de 150 cv (HB e CS) e 2.0 e-Skyactiv X de 186 cv (só HB), todos mild hybrid a gasolina. Quanto a Caixas de velocidades, a Skyactiv MT (manual) e Skyactiv AT (automática), ambas de 6 velocidades (em função do nível de equipamento), e quanto a packs de equipamento: i-Activesense, Pack Sport, Safety e Sound; Jantes Liga Leve 16” ou 18”; Tejadilho de Abrir Eléctrico; Estofos Brancos em vez dos originais Estofos Pretos (sem custo); é possível abdicar do sistema de som premium Bose (em função do nível de equipamento). Por fim, quanto aos preços de venda ao público (dependendo da caixa de velocidades, packs e/ou opcionais associados): o Hatchback (HB) Evolve, com motor 2.0 e-Skyactiv G 122 cv (6 configurações) vai de 30.704 € a 34.270 €; com motor 2.0 e-Skyactiv G de 150 cv (8 configurações) vai de 33.766€ a 37.461 €; com motor 2.0 e-Skyactiv X de 186 cv (12 configurações): de 34.810 € a 42.299 €.

 

Concorrentes

Mazda3 HB 2.0 e-Skyactiv G 122 cv Evolve, preço base gama: 32.706€ (mild hybrid)

Peugeot 308 Active Pack 1.2 PureTech 130 cv Manual de 6 velocidades STT preço base gama: 25.620€

Volkswagen GOLF 1.0 eTSI 110 LIFE DSG Gasolina/1.0l/81 kW (110 CV) /DSG 7 Velocidades 31.561,00€ (mild hybrid)

Renault Megane TCe 140 techno  Gasolina, 103 kW/140 cv, cx. manual 6 Vel. , preço base gama: 31.200€

Seat Leon 1.0 TSI 110 cv, 81 kW /110cv, cx manual 6 vel. , preço base gama: 28.658€

Opel Astra Edition 1.2 turbo 130 cv CM6, , preço base gama: 26.530€

Ficha Técnica

MAZDA3 2022 – CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS
Motor (150 CV) e-Skyactiv X 2.0
Tração FWD/Dianteira
Tipo de motor I4 DOHC 16 válvulas
Cilindrada cm3 1,998
Tipo de injecção de combustível, Injecção directa
Potência máxima 110 KW (150 cv)/6,000 rpm
Binário máximo 213 Nm/4,000 rpm
Capacidade do depósito de combustível 51 litros
Transmissão 6MT/Manual 6 velocidades
Mazda M Hybrid System e-Skyactiv X 2.0
Voltagem Mild Hybrid de 24V

PERFORMANCE
Velocidade máxima 206 km/h
Aceleração (0-100km/h) 9.1 s
Consumo de combustível WLTP
Combinado 5.5 l/100 km
Ritmo Extra-Alto 5.6 l/100 km
Ritmo Alto 4.6 l/100 km
Ritmo Médio 5.3 l/100 km
Ritmo Baixo l/100 km7.2 l/100 km
Emissões CO2 (combinadas) 125 g/km

SUSPENSÃO
Frente Tipo MacPherson
Atrás Veio de torção
Jantes & Pneus
Dimensão das jantes: 16×6.5J e 18x7J
Dimensão dos pneus: 205/60R16 e 215/45R18

DIRECÇÃO E TRAVÕES
Direcção Tipo Pinhão e Cremalheira
Raio de viragem (entre passeios) 5.3m
Diâmetro de viragem (entre muros) 11.38m
Travões
Frente Discos ventilados
Atrás Discos Sólidos
Diâmetro à frente 295mm
Diâmetro atrás 265mm
Travão de estacionamento Electric Parking Brake (EPB)

DIMENSÕES
Tipo de carroçariaHatchback
Portas 4 + portão da bagageira
Número de lugares 5
Exterior
Comprimento 4,460
Largura 1,795
Altura 1,435
Distância entre eixos 2,725
Bagageira 334

Pesos e capacidades de carga
Peso mínimo sem carga (Tara) kg 1,305
Peso máximo admissível (Peso bruto) kg 1,875
Peso máximo permitido no eixo dianteiro kg 985
Peso máximo permitido no eixo traseiro kg 890
Peso máximo rebocável, atrelado sem travões kg 600
Peso máximo rebocável, atrelado com travões kg 1,300
Peso máximo sobre o tejadilho kg 75

Exterior
Interior
Equipamento
Consumos
Ao volante
Concorrentes
Motor
Balanço final
Ficha técnica

Exterior

Exterior 8/10
Gostos não se discutem, mas a imagem é muito forte neste Mazda 3. Destaca-se em vários pontos, tem tanto de simples como de agressivo, tem claramente um visual desportivo. Há muito que não gostava tanto do visual de um carro deste segmento.

Interior

Interior 6/10
Os materiais são de alta qualidade, e sobressai a vários concorrentes do segmento.
Ao contrário de vários outros concorrentes, a Mazda opta ainda por um tablier simples e um ‘mini-tablet’ eficiente e não demasiado grande.
O mantém o comando rotativo mesmo ao alcance da mão direita, que nos permite manter o olho na estrada. O head-up display é importante, todos os carros o deviam ter, mesmo as gamas mais baixas,
A posição de condução é boa, mas o espaço não é muito, não é um carro em que condutores mais ‘espaçosos’ se sintam 100% à vontade, os cotovelos tocam facilmente à esquerda e à direita, mas isso é mais defeito do condutor do que do carro.
Atrás, o espaço não é muito, mas é quase insuficiente para dois adultos mais altos, especialmente nas cabeças. O conforto é diretamente proporcional à extensão da viagem.
A bagageira tem menos 20 litros que o líder do segmento na Europa, mas esse é apenas um detalhe.

Equipamento

Equipamento 8/10
Este Mazda 3 foi ensaiado com a versão com o nível de equipamento da edição especial Homura, a mais bem equipada. Gosto especialmente das jantes em preto brilhante, a mesma cor aplicada às coberturas de espelhos exteriores, bem como um interior com estofos em tecido com costuras contrastantes em vermelho.

Consumos

Consumos 8/10
Foi aqui que fiquei agradavelmente surpreendido. Um motor 2.0 litros atmosférico a gasolina é quase sempre sinal de consumos elevados, mas é precisamente o contrário que sucede com este motor. Esta motorização e-Skyactiv-G está equipada com um sistema mild-hybrid, que ‘queima’ bem menos combustível. A Mazda alega que consome cerca de menos 20%, e na verdade isso nota-se. Mesmo em auto estrada, várias vezes a ter que ‘andar’ mais um pouco não foi nada difícil manter o consumo pouco acima dos 6.0l/100 Km, 6.7 no máximo, e o mesmo se pode dizer da condução em cidade/vias mais rápidas, como a ‘conhecida’ IC19, por exemplo. 6.2-6.4 l/100 km, sem grande esforço.

Ao volante

Ao Volante 8/10
O carro guia-se muito bem, é um dos seus pontos fortes, não é um desportivo, mas o chassis aguenta-se bem a ‘cargas’ mais agressivas, houve mesmo uma situação um pouco exagerada que podia ter corrido pior, e o carro saiu de lá com muita facilidade, o que me diz que a maioria dos condutores nem chega perto do que o chassis aguenta.
Só gostei menos da caixa que é longa demais. Talvez seja essa parte do ‘trade-off’ do consumo, mas é demais. A direção é leve, precisa, a suspensão está menos afinada para conforto do que dinâmica, mas esse é um ponto distintivo. Lá está, quem gosta de prazer de condução, agradece.

Concorrentes

Mazda3 HB 2.0 e-Skyactiv G 122 cv Evolve, preço base gama: 32.706€ (mild hybrid)

Peugeot 308 Active Pack 1.2 PureTech 130 cv Manual de 6 velocidades STT preço base gama: 25.620€

Volkswagen GOLF 1.0 eTSI 110 LIFE DSG Gasolina/1.0l/81 kW (110 CV) /DSG 7 Velocidades 31.561,00€ (mild hybrid)

Renault Megane TCe 140 techno  Gasolina, 103 kW/140 cv, cx. manual 6 Vel. , preço base gama: 31.200€

Seat Leon 1.0 TSI 110 cv, 81 kW /110cv, cx manual 6 vel. , preço base gama: 28.658€

Opel Astra Edition 1.2 turbo 130 cv CM6, , preço base gama: 26.530€

Motor

Motor 8/10
É o grande argumento, um motor de 150cv que gasta pouco. Este motor e-Skyactiv-G de 150 cv com um sistema mild-hybrid de 24v é muito eficiente, a Mazda fez um grande trabalho. Entre novos pistões, software e mexida no rácio de compressão, o sistema de desativação de dois dos quatro cilindros, tudo isto permite ganhos sensíveis, mas em termos globais. Mas não é, por exemplo, um motor que tenha o binário logo disponível, mas quando lá chega a ‘orquestra’ é excelente.

Balanço final

Balanço Final 7/10

Pode contar com um grande chassis, motor económico e que anda q.b., o interior é espartano e não dá para famílias mais numerosas. O facto do motor conseguir ‘bater-se’ em termos de consumos com os concorrentes com motores de três cilindros é bom, mas os 2.0 litros são muito maus para os nossos impostos, especialmente o IUC. Mas como já referimos, tem argumentos que podem tocar diretamente no que queremos de um carro destes. 
De referir ainda que a gama nacional do Mazda3 tem duas carroçarias, Hatchback(HB) e Sedan (CS), os níveis de equipamento vão desde o Evolve (HB e CS), Excellence (HB e CS) e Homura (só HB), como é o caso do carro deste ensaio. Quanto a motores, na gama temos o 2.0 e-Skyactiv G de 122 cv, 2.0 e-Skyactiv G de 150 cv (HB e CS) e 2.0 e-Skyactiv X de 186 cv (só HB), todos mild hybrid a gasolina. Quanto a Caixas de velocidades, a Skyactiv MT (manual) e Skyactiv AT (automática), ambas de 6 velocidades (em função do nível de equipamento), e quanto a packs de equipamento: i-Activesense, Pack Sport, Safety e Sound; Jantes Liga Leve 16” ou 18”; Tejadilho de Abrir Eléctrico; Estofos Brancos em vez dos originais Estofos Pretos (sem custo); é possível abdicar do sistema de som premium Bose (em função do nível de equipamento). Por fim, quanto aos preços de venda ao público (dependendo da caixa de velocidades, packs e/ou opcionais associados): o Hatchback (HB) Evolve, com motor 2.0 e-Skyactiv G 122 cv (6 configurações) vai de 30.704 € a 34.270 €; com motor 2.0 e-Skyactiv G de 150 cv (8 configurações) vai de 33.766€ a 37.461 €; com motor 2.0 e-Skyactiv X de 186 cv (12 configurações): de 34.810 € a 42.299 €.

 

Ficha técnica

MAZDA3 2022 – CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS
Motor (150 CV) e-Skyactiv X 2.0
Tração FWD/Dianteira
Tipo de motor I4 DOHC 16 válvulas
Cilindrada cm3 1,998
Tipo de injecção de combustível, Injecção directa
Potência máxima 110 KW (150 cv)/6,000 rpm
Binário máximo 213 Nm/4,000 rpm
Capacidade do depósito de combustível 51 litros
Transmissão 6MT/Manual 6 velocidades
Mazda M Hybrid System e-Skyactiv X 2.0
Voltagem Mild Hybrid de 24V

PERFORMANCE
Velocidade máxima 206 km/h
Aceleração (0-100km/h) 9.1 s
Consumo de combustível WLTP
Combinado 5.5 l/100 km
Ritmo Extra-Alto 5.6 l/100 km
Ritmo Alto 4.6 l/100 km
Ritmo Médio 5.3 l/100 km
Ritmo Baixo l/100 km7.2 l/100 km
Emissões CO2 (combinadas) 125 g/km

SUSPENSÃO
Frente Tipo MacPherson
Atrás Veio de torção
Jantes & Pneus
Dimensão das jantes: 16×6.5J e 18x7J
Dimensão dos pneus: 205/60R16 e 215/45R18

DIRECÇÃO E TRAVÕES
Direcção Tipo Pinhão e Cremalheira
Raio de viragem (entre passeios) 5.3m
Diâmetro de viragem (entre muros) 11.38m
Travões
Frente Discos ventilados
Atrás Discos Sólidos
Diâmetro à frente 295mm
Diâmetro atrás 265mm
Travão de estacionamento Electric Parking Brake (EPB)

DIMENSÕES
Tipo de carroçariaHatchback
Portas 4 + portão da bagageira
Número de lugares 5
Exterior
Comprimento 4,460
Largura 1,795
Altura 1,435
Distância entre eixos 2,725
Bagageira 334

Pesos e capacidades de carga
Peso mínimo sem carga (Tara) kg 1,305
Peso máximo admissível (Peso bruto) kg 1,875
Peso máximo permitido no eixo dianteiro kg 985
Peso máximo permitido no eixo traseiro kg 890
Peso máximo rebocável, atrelado sem travões kg 600
Peso máximo rebocável, atrelado com travões kg 1,300
Peso máximo sobre o tejadilho kg 75