“O melhor Ibiza de sempre”, diz a SEAT. Será?

By on 1 Fevereiro, 2017

O título não deixa dúvidas, a SEAT coloca a fasquia bem alta para esta que será a quinta geração do Ibiza, a ser conhecido publicamente no próximo Salão do Automóvel de Genebra (9 a 19 de março) e comercializado a partir de junho deste ano. Mas para percebermos as razões, importar saber o que mudou…

Grandeza de medidas

Comecemos pelas dimensões. O novo Ibiza viu a sua largura ser aumentada em 87 mm; o comprimento reduzido em dois milímetros; e a altura ao solo reduzida em um. A via dianteira é 60 mm mais larga; a via traseira ganhou 48 mm; enquanto a distância entre eixos chega aos 2,564 milímetros, que se traduz por um aumento de 95 mm.

Alterações que na prática significam um aumento do espaço interior e lhe acentuam a imagem de um carro com personalidade e carácter. Tudo isto é conseguido graças à utilização da nova plataforma MQB A0 (mais abaixo explicada em detalhe) – é o primeiro automóvel do Grupo Volkswagen a utilizá-la.

O espaço para as pernas atrás, cresceu 35 mm, enquanto o espaço para a cabeça aumentou em 24 mm acima dos bancos dianteiros e 17 mm no de trás. Os bancos são uns expressivos 42 mm mais largos. A bagageira também cresceu em 63 litros, para uma capacidade total de 355 litros, que, segundo a SEAT, permite ter o melhor valor da classe. O patamar de carga também foi rebaixado. O Ibiza está agora muito mais confortável, uma vez que é muito mais espaçoso por dentro e mais largo por fora, segundo a marca.

Motorizações

No coração deste Ibiza podemos encontrar três blocos em alumínio, de três e quatro cilindros. No primeiro caso, temos o 1.0 TSI de 95 e 115 CV, com turbocompressor, intercooler e injeção direta. Mais musculado, temos o novo 1.5 TSI de quatro cilindros com 150 CV, que ficará disponível ainda em 2017, mas que de momento ainda não tem data. No capítulo Diesel, o 1.6 TDI irá contar com três variantes: 80; 95; e 115 CV.

A nova plataforma MQB A0 permite ao Ibiza oferecer contar também com um motor 1.0 TSI de 90 CV alimentado por gás natural comprimido (GNC). A SEAT torna-se assim n o primeiro construtor a oferecer um motor deste tipo no segmento do Ibiza.

Os motores com 95 cv ou menos estarão equipados com caixa de cinco velocidades. Os demais, terão caixas de seis velocidades. Disponível como opcional estará ainda a caixa de sete velocidades. A par das medidas, a nova plataforma MQB A0 vem trazer benefícios ao nível do comportamento dinâmico, qualidade de rolamento e conforto de condução, devido ao aumento de 30% na rigidez torsional.

O novo SEAT Ibiza estará disponível apenas na variante de 5 portas, por ser considerado mais funcional, apesar de o novo design lhe garantir a imagem desportiva de um modelo de três portas.

SEAT IBIZA 1

Equipamento em quatro frentes

No capítulo equipamento, o Ibiza terá disponíveis quatro opções: Reference; Style; FR; e XCellence. Os dois últimos constituem a oferta topo de gama. O primeiro direcionado para os que procuram um automóvel mais desportivo, enquanto o XCellence se foca no conforto, na elegância e na tecnologia.

O FR engloba um equipamento mais dinâmico e tecnológico que permite desfrutar ao máximo da performance. Foram criados elementos de design dinâmicos e exclusivos para este nível: difusor traseiro; para-choques dianteiro específico; a suspensão desportiva; e o pack exclusivo exterior Preto. O nível FR inclui detalhes que destacam o seu caráter desportivo, tal como as ponteiras de escape dos dois lados do para-choques traseiro.

O nível de acabamentos XCellence aponta a novos clientes que procurem um design mais sofisticado e distinto, combinado com um tipo de equipamento mais conveniente, inteligente e funcional. O nível XCellence recebe acabamentos cromados que enfatizam o lado sofisticado e refinado. O nível FR recebe uma suspensão mais firme e oferece dois modos, Normal e Sport, para melhor se adaptar às preferências do condutor ou às condições da estrada. O nível XCellence também receberá esta possibilidade mais tarde, com acertos mais suaves.

A iluminação ambiente com LED para as versões FR e XCellence pode assumir duas cores: vermelho e branco. O uso de tecnologia LED para a iluminação interior e exterior, a par da componente estética, teve em conta a melhor qualidade de luz e os consumos de energia mais reduzidos. A marca destaca que as luzes full-LED no Ibiza são uma novidade nesta classe e podem encontrar-se em: faróis; tablier; indicadores de mudança de direção; e luz traseira de nevoeiro.

SEAT IBIZA

Aposta na ajuda à condução e oferta tecnológica

Os sistemas de ajuda à condução previstos para o novo Ibiza incluem: anti colisão Front Assist; Assistência em Trânsito; Cruise Control Adaptativo; modo de acesso Keyless com botão de arranque do motor de iluminação pulsante; uma nova geração de sensores de estacionamento dianteiros e traseiros; e câmara de visão traseira com maior definição e precisão projetada num ecrã tátil premium de 8 polegadas com painel em vidro. Será a primeira vez que o SEAT Ibiza recebe um ecrã tátil com tais características.

No interior, destaque também para o carregador sem fios com amplificador de sinal GSM. Em termos de conetividade, o nono SEAT Ibiza é o único carro 100% ligado, graças a três opções: Apple Car Play, Android Auto e Mirror Link. A SEAT está empenhada em tornar-se uma referência em automóveis conectados, desenvolvendo novas soluções de mobilidade que integram os veículos e melhoram a experiência do utilizador, tornando-a mais acessível e flexível. O novo SEAT Ibiza estreia ainda uma parceria com a Beatsaudio soundsystem, utilizando um processador digital (DSP) com 7 colunas premium e um amplificador de 8 canais com 300W.

SEAT IBIZA 3

Plataforma MQB AO ao detalhe

É a mais recente tecnologia do Grupo Volkswagen. MQB é a sigla de Modular Quer Baukasten e permite uma maior flexibilidade de fabrico e uma implementação robusta ao suportar diferentes modelos com tipos distintos de carroçaria dentro do mesmo segmento e com diversas distâncias entre eixos sobre a mesma plataforma.

Há também mais componentes a utilizar a tecnologia de estampagem a quente, o que contribui para a redução de peso e aumento da rigidez, e, com isso, para a melhoria da performance, contribuindo para a descida dos consumos. No caso específico do novo Ibiza, 900 robots e mais de 4000 pontos de soldadura asseguram a robustez do automóvel. A soldadura por pontos combinada com a tecnologia laser une os componentes obtendo os seguintes resultados: uma carroçaria leve com uma rigidez estrutural extrema.

A aposta no design

Sendo um importante modelo no percurso automóvel da SEAT, a marca fez por não descurar nada neste Ibiza. Na frente, os faróis Full LED triangulares com a já icónica assinatura das luzes de dia fazem do novo SEAT um modelo imediatamente reconhecível. O símbolo não está apenas centrado na grelha, como é, também, destacado pelas duas características linhas do capot com um fino sulco na grelha cromada. O design em formato de “X” garante o dinamismo e a estabilidade visual.

O vão dianteiro e o traseiro são muito curtos, com as quatro rodas colocadas nos cantos da carroçaria, contribuindo para a estabilidade, dinâmica e desportiva. A maior distância entre eixos e o perfil da superfície vidrada acentuam o tamanho do novo Ibiza, enquanto as formas de dupla bolha ao longo da carroçaria, tão típicas da SEAT, asseguram linhas mais expressivas e tridimensionais.

A carroçaria foi esculpida, combinando linhas vincadas com superfícies suaves. As novas jantes, de medida até 18 polegadas e com dois tons à escolha, acrescentam um toque de elegância. A secção traseira é também muito típica do Ibiza. As luzes traseiras envolvem o carro, ligando os alargamentos laterais, com proporções milimétricas e um design que apresenta uma aparente performance aerodinâmica de nota. As linhas muito marcantes da bagageira e do para-choques criam uma aparência larga e uma imagem quase monolítica, enquanto a posição e o design dos refletores puxam o carro para o chão.

No que diz respeito ao interior, foram seguidos os mesmos passos aplicados no SEAT Leon e no Ateca, mas desta vez com uma nova visão que tem a sua própria linguagem de design. Foi acrescentada mais tensão, mais tecnologia e linhas mais precisas que formam proporções mais leves e que contribuem para um aspeto mais elegante e para uma superior qualidade, enquanto os novos materiais tratam de garantir o lado jovem e o caráter dinâmico.

Estruturalmente, foi dedicada especial atenção nas proporções horizontais para distribuição das diferentes áreas funcionais, incluindo a consola central sobrelevada para melhorar a ergonomia e a segurança. Segunda a marca, o objetivo foi o de alcançar proporções perfeitas, aumentando a sensação de espaço e de conforto.

Todos os comandos e instrumentos estão situados à volta do posto de condução em posição tão elevada quanto possível para que o condutor não precise de desviar o olhar da estrada. Tal como no novo Leon e Ateca, o botão ‘start’ está no mesmo lugar, à esquerda do comando da caixa de velocidades. Também ele está na posição mais elevada possível para facilitar o seu uso. O habitáculo é protegido por um filtro Air Care que isola os ocupantes de qualquer tipo de alergénico, assegurando um habitáculo livre de contaminantes.

Por tudo isto, o Ibiza deixa água na boca, por muito podermos ler, mas ainda não podermos experimentar. Resta-nos aguardar para comprovar…

 

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Deixe um comentário

Please Login to comment