Mercedes-Maybach G 650 Landaulet – para aventuras luxuosas

By on 14 Fevereiro, 2017

O Mercedes-Maybach G 650 Landaulet apresenta argumentos para seduzir mesmo os menos atreitos a este tipo de veículos. Porquê? Pelos argumentos da sua carta de apresentação. Vejamos: motor Mercedes AMG V12 biturbo de 630 cv e um binário máximo de 1000 Nm; eixos pórticos a 450 mm do solo; capota elétrica; e equipamento exclusivo no compartimento traseiro.

Esta é uma edição limitada a 99 unidades que será produzida pela Magna Steyr em Graz, na Áustria, à semelhança das versões anteriores, o Classe S e o S 650 Cabrio. A estreia mundial deste modelo cabriolet de quatro lugares está agendada para o Salão de Genebra (9 a 19 de março) e lançamento no mercado o outono de 2017.

17C15_24

Proporções de respeito

Em termos de medidas temos: 5345 mm de comprimento; 3428 mm de distância entre eixos (aumentou em 578 mm); 2235 mm de altura; perto de meio metro de distância ao solo. A inscrição V12 Biturbo surge nas asas dianteiras e a grelha do radiador é caracterizada por uma lamela dupla e um painel cromados. Os pneus são 325/55 R 22 formam e o modelo vem com bloqueio de diferencial, que pode ser engrenado com o veículo em movimento, e com as relações redutoras da caixa. A combinação desta tecnologia 4WD é única no segmento de todo-o-terreno, segundo a marca. Há quatro cores para a carroçaria, uma delas mate, e três para a capota.

17C15_09

Habitáculo refinado

A começar nos bancos individuais. Estes são totalmente ajustáveis eletricamente e podem ser regulados para a posição totalmente inclinada. Os bancos ativos multicontorno, com função de massagem Energizing, possuem câmaras-de-ar insufláveis em prol do conforto. Encontra-se também uma consola com suportes para bebidas entre os bancos individuais. Estes permitem o arrefecimento ou aquecimento de bebidas.

No habitáculo os lugares dianteiros estão acomodados sob o tejadilho enquanto os passageiros, através de um botão, podem retirar a capota e gozar do ambiente ao ar livre. Se necessário, um separador de vidro acionado eletricamente permite separar o compartimento traseiro do compartimento dianteiro. Além disso, as propriedades do vidro podem ser modificadas de transparente para opaco através de um botão.

A consola central incorpora os três distintivos interruptores: um para comandar a iluminação interior; os outros dois para abrir e fechar a capota de lona. A travessa, que também suporta o separador de vidro, aloja os dois ecrãs multimédia de alta resolução de 25.4 cm (10 polegadas) do Sistema de Entretenimento Individual.

 

 

 

 

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)