Sector automóvel com perspectivas de crescimento em 2017

By on 8 Fevereiro, 2017

O ano ainda mal começou mas as perspectivas da ACAP – Associação Automóvel de Portugal – para 2017 – e também 2018 – no ramo automóvel parecem animadoras. Depois do abrandamento na venda de veículos em 2016, para este ano prevê-se a mudança dessa mesma tendência. Este é um ramo que continua a ter grande importância a nível nacional. De realçar, por exemplo, que praticamente um quarto das receitas fiscais do Estado provêm do sector automóvel, segundo os dados revelados pela ACAP.

Um olhar de futuro a dois anos

Segundo a ACAP, o crescimento esperado para 2017 está na ordem dos 2% na comercialização de ligeiros de passageiros, subindo para um número total de 211.000. Uma marca que poderá ser de 218.000 unidades em 2018, também mais 2%. As vendas de comerciais ligeiros devem igualmente crescer de acordo com as previsões da ACAP. 36.000 unidades em 2017, que representa um crescimento de 3%. A tendência prevê-se a mesma em 2018, com mais 3%, que significa 37.000 unidades vendidas.

Produção de 2016 face a 2015

Em 2016 a produção automóvel nacional registou um abrandamento de 8,6% face ao ano anterior, em parte, devido à readaptação dos ciclos de produtos das fábricas de automóveis. Foram produzidos no total menos 143.096 veículos. Em números, foi dada a vida a 99.200 novas unidades de automóveis ligeiros de passageiros, menos 14,1% que no ano anterior. Em oposição, houve mais 39.712 novos comerciais ligeiros, que representa uma subida de 6,9%. Os veículos pesados também cresceram face a 2015, com mais 4.184 produzidos.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Deixe um comentário

Please Login to comment