Skoda Karoq 1.6 TDI – Ensaio Teste

By on 31 Julho, 2018

Skoda Karoq 1.6 TDI 116 cv Style

Texto: André Duarte ([email protected])

Compromisso de equilíbrio

Revelado no último ano, o Skoda Karoq chegou em março ao mercado nacional. O modelo, sucessor do Yeti, é a proposta da marca checa para o segmento dos SUV compactos. Fomos conhecê-lo na versão 1.6 TDI com 116 cv.


Mais:

Condução / Motor / Imagem exterior / Pragmatismo de utilização

 

 

Menos:

Preço

Exterior
Interior
Equipamento
Consumos
Ao volante
Concorrentes
Motor
Balanço final
Ficha técnica

Exterior

No exterior deparamo-nos com um modelo compacto e de linhas esculpidas, com 4,38 m de comprimento, 2,63 m de distância entre eixos, 1,84 m de largura e 1,60 m de altura. A frente destaca-se pela grelha do radiador, com moldura cromada, de formato trapezoidal, pelo expressivo logo da marca ao centro do capot, a par de faróis full-LED, de série na versão Style.

Na lateral sobressaem as jantes de 17 polegadas, mas também as proteções em plástico que acompanham toda a zona inferior até às cavas das rodas. Na traseira destacam-se os faróis LED, que apresentam um desenho em dois níveis, um dos quais se estende da lateral a esta última secção. O pára-choques expressivo é outra das saliências visuais. No global o Karoq apresenta linhas modernas e, ao mesmo tempo sóbrias, num design que bebe inspiração no irmão mais velho, Kodiaq.

Interior

No habitáculo há uma boa relação de espaço em todos os lugares. O interior é pragmático, com vários locais de arrumação, tanto nas portas como sob o apoio de braços entre os bancos dianteiros, que oferecem um bom apoio lombar. Destaque também para vários pormenores em cromado a embelezarem o interior (volante, consola central, tablier, puxadores das portas) e para a iluminação ambiente LED que surge através das inserções decorativas das portas e no painel, com um total de 10 cores.

A bagageira de 521l pode estender-se até aos 1630l com os bancos traseiros rebatidos. No entanto, se recorrermos ao opcional banco traseiro VarioFlex (405€), a bagageira passa a variar entre os 479l e 588l, com os bancos a passarem a poder ser completamente removidos, algo que, segundo a marca, permite ‘transformar’ este modelo quase numa carrinha, dado que a capacidade de carga passa para os 1810l.

Em termos de conectividade e infoentretenimento destaque para o sistema de navegação Amundsen, que faculta o acesso a: informações de trânsito online; pontos de interesse; importação de destinos online; pesquisa online de POI (texto); meteorologia; notícias; lugares de estacionamento; postos de combustível; importação de percursos online. O ecrã tátil ao centro do tablier é intuitivo de fácil de utilizar.

Equipamento

A linha de equipamento Style surge, de série, com: Care Connect 1 ano+Infotainment Online 1 ano; chamada de emergência privada Emergency Call; Front Assist com travagem automática; sistema ISOFIX; assistente de arranque em subida; comando de voz; espelho retrovisor interno de segurança, antiofuscante automático; farol para viagem de dia com ajuste automático da intensidade da luz e função coming home; ferramentas de bordo e macaco; função Mirror Link; imobilizador eletrónico; indicador de pressão dos pneus; sistema de infotainment com rádio; barras de tejadilho pretas; roda de emergência compacta, construção radial (5 orifícios); sinalização para colocação do cinto de segurança ( para todos os passageiros ); sistema Start/Stop com reaproveitamento da energia de travegem; tomada de 12 volts na bagageira; programa eletrónico de estabilidade; cruise control; Maxi Dot a cores; câmara de visão traseira; assistente para detecção de ângulo morto; auxílio de estacionamento (sensores de estacionamento na frente e atrás); bancos do motorista e do passageiro com apoios lombares; cartão SD (Europa); espelho retrovisor externo, antiofuscante automático, eletricamente rebatível/regulável/aquecível; farol principal com LED com luz para trânsito em curvas; elementos para carga no compartimento de bagagem; Navegação Amundsen; preparação para telemóvel com WLAN (interface BT); fecho central Keyless-Entry sem dispositivo de segurança Safe.

Consumos

Equipado com um motor 1.6 TDI, o Skoda Karoq apresenta interessantes consumos, ainda que acima dos 4,6l anunciados. Falamos de um registo que andará na casa dos 5,7l, numa utilização cumpridora dos limites legais.

Ao volante

Equipado com um bloco diesel 1.6 TDI o Skoda Karoq revela-se um modelo muito racional e equilibrado. A posição de condução agrada, sendo boa a visibilidade que oferece, a par de nos proporcionar um sentar com bom apoio lombar. Em estrada há uma boa relação do conjunto, cumprindo os desígnios de uma utilização que pode ser diária, em trajetos mais curtos, ou para viagens de maiores distâncias.

Os 116 cv de potência do bloco de quatro cilindros assentam na perfeição neste modelo com 1426 kg de peso. A resposta agrada, com os seus 250 Nm de binário máximo a fazerem-se sentir a partir das 1500 rpm. A caixa, de bom escalonamento, adequa-se igualmente a esta proposta, permitindo corretas passagens.

O chassis/suspensão oferecem um bom compromisso, que contribui em muito para a sensação de agrado interior, suportando de forma competente o movimento de massas e, ao mesmo tempo, proporcionando conforto, mesmo no mau piso, e possibilitando incursões fora de estrada, desde que não muito pronunciadas. A direção e travões também reagem condignamente. No geral fica a ideia de um modelo que se mostra capaz para a generalidade das utilizações, sem nunca ser exuberante ao nível de sensações, mas também sem nunca nos deixar ficar mal.

Concorrentes

Este é um dos pontos em que o Skoda Karoq perde para a concorrência, fruto do seu preço ligeiramente superior. A destacar temos:

Ford Kuga Titanium 1.5 TDCI 120 cv com caixa manual de 6 velocidades por 27.095€ (em campanha)

(Conheça todas as versões e motorizações AQUI)

 

Honda H-RV Elegance 1.6 i-DTEC com 120 cv e caixa manual de 6 velocidades por 29.670€

(Conheça todas as versões e motorizações AQUI)

 

Hyundai Tucson 1.7 CRDI Executive com 115 cv e caixa manual de 6 velocidades por 34.108€

(Veja o ensaio AQUI e conheça todas as versões e motorizações AQUI)

 

Kia Sportage 1.7 CRDI ISG TX com 115 cv e caixa manual de seis velocidades por 28.500€ (em campanha)

(Veja o ensaio AQUI e conheça todas as versões e motorizações AQUI)

 

Nissan Qashqai Tekna 1.5 dCi com 110 cv e caixa manual de 6 velocidades por 33.600€

(Veja o ensaio AQUI e conheça todas as versões e motorizações AQUI)

 

Seat Ateca Style 1.6 TDI CR com 115 cv e caixa manual de 6 velocidades por 30.670€

(Veja o ensaio AQUI e conheça todas as versões e motorizações AQUI)

Motor

O Skoda Karoq está disponível com o bloco a gasolina 1.0 TSI com 116 cv e as motorizações diesel, 1.6 TDI com 116 cv e 2.0 TDI com 150 cv, esta última unicamente com tração integral. Todas surgem com caixa manual de 6 velocidades, à exceção do bloco 1.6 TDI que também disponibiliza uma caixa automática DSG de 7 relações. Os níveis de equipamento são dois, Ambition e Style.

Balanço final

O Skoda Karoq 1.6 TDI deixa satisfação a cada utilização, transportando para a condução a ideia emanada pela imagem exterior, de que a subtileza no design também se vive nas sensações ao volante, mostrando-se uma proposta globalmente consistente. O motor adequa-se bem a uma utilização diária assim como o espaço proporcionado pelo habitáculo, permitindo ser também uma opção familiar e para longas distâncias. Ainda que o preço ligeiramente superior face à concorrência possa dar que pensar, está munido de argumentos que convencem por si.

Ficha técnica

Motor

Tipo – gasóleo, 4 cil. em linha injeção direta, turbo de geometría variável, intercooler

Cilindrada (cm3) – 1598

Diâmetro x curso (mm) – 79,5 x 80,5

Taxa de compressão – 16,2:1

Potência máxima (cv/rpm) – 116/3250-4000

Binário máximo (Nm/rpm) – 250/1500-3200

Transmissão e direcção – dianteira, transmissão manual de 6 velocidades; pinhão cremalheira com assistência elétrica

Suspensão (fr/tr) – Tipo McPherson à frente e Eixo de torção atrás

Prestações e consumos

Aceleração 0-100 km/h (s) – 10,7s

Velocidade máxima (km/h) – 188 km/h

Consumos Extra-urb./urbano/misto (l/100 km) – 4,4/5,0/4,6

Emissões de CO2 (g/km) – 120

Dimensões e pesos

Comp./largura/altura (mm) –  4382/1841/1603

Distância entre eixos (mm) – 2638

Largura de vias (fr/tr) (mm) – 1576/1541

Travões (fr/tr) – Discos ventilados/Discos

Peso (kg) – 1426

Capacidade da bagageira (l) – 521 até 1630 (c/ bancos traseiros rebatidos)

Capacidade do depósito (l) – 50

Pneus (fr/tr) – 215/55 R17

 

Preço da versão base (Euros): 34164€

Deixe um comentário

Please Login to comment