Smart Electric Drive –  vem aí a quarta geração com preços já disponíveis

By on 13 Fevereiro, 2017

Smart

A quarta geração de modelos Smart Electric Drive inclui o Smart Fortwo Coupé; Smart Fortwo Cabrio; e pela primeira vez o modelo de quatro lugares, o Smart Forfour. Desta forma, a Smart será o único fabricante de automóveis a nível mundial a oferecer a sua gama de modelos equipados simultaneamente com motores de combustão interna e sistema de propulsão totalmente elétrica com recurso a bateria. Os novos smart fortwo e forfour electric drive chegarão ao mercado no verão de 2017 com preços a partir de 22.500€. Os valores de comercialização dos modelos smart serão (IVA incluído):

smart fortwo coupé – 22.500€

smart forfour – 23.400€

smart fortwo cabrio – 24.900€

Com o carregamento rápido, equipamento opcional disponível a partir de 2017, estes modelos podem ser carregados até duas vezes mais depressa que as versões anteriores, na prática, em cerca de 45 minutos – em função da versão do país e da rede elétrica. O Smart Fortwo Cabrio é o único modelo cabrio elétrico no mercado. O Smart eletric drive traduz-se por um consumo de energia eléctrica de 13.1 – 12.9 kWh/100 km e emissões de CO2 em ciclo combinado de 0 g/km.

Smart 1

Motor e recuperação de energia: motor elétrico de 60 kW (82 CV) instalado no eixo traseiro, transmitindo a sua potência às rodas através de uma relação de transmissão constante. O binário de 160 Nm é imediatamente disponibilizado. O modelo elétrico tem uma autonomia de aproximadamente 160 km – ideal para uma mobilidade sem emissões de gases locais em zonas urbanas. A velocidade máxima é limitada eletronicamente a 130 km/h para maximizar a autonomia.

O smart necessita de apenas uma relação de transmissão fixa. Não existe necessidade de efetuar passagens de caixa. Para efetuar marcha atrás, o sentido de rotação do motor é invertido. Tal como o modo básico da transmissão, o condutor poderá selecionar o modo ECO. A velocidade máxima é limitada e a curva característica do pedal do acelerador e o nível máximo de recuperação são pré-seleccionados. Em modo livre ou durante a travagem, a energia cinética do veículo é convertida em energia elétrica – este processo é designado por regeneração. O sistema de regeneração assistido por radar que se encontra ativo no modo básico da transmissão funciona em antecipação. As condições do trânsito são controladas com um sensor de radar e o sistema seleciona o nível de regeneração adequado à situação atual.

Smart 2

 

 

 

 

 

 

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)