VOLKSWAGEN POLO 1.0 TSI BEATS – Ensaio Teste

By on 8 Junho, 2019

Volkswagen Polo 1.0 TSI Beats

Texto: José Manuel Costa ([email protected])

Líder com som afinado

O Polo é um carro que não engana: líder de segmento, terceiro carro mais vendido na Europa, enfim, um exemplo aquilo que a VW faz no segmento. Não é espalhafatoso, não é agressivo, mas é bom em todas as áreas. O Polo serve-se da mesma plataforma que o grupo VW desenvolveu e que o novo Seat Ibiza já utiliza e o futuro Skoda Fabia irá usar, a MQB A0, mais leve e rígida que a anterior base do utilitário alemão. Graças a este novo ponto de partida, o Polo e consideravelmente maior e mais largo que o anterior. De tal forma que já é maior que as três primeiras gerações do VW Golf!

Conheça todas as versões e motorizações AQUI.


Mais:

Motor, Refinamento, Qualidade

 

 

Menos:

Alguns detalhes, equipamento

Exterior
Interior
Equipamento
Consumos
Ao volante
Concorrentes
Motor
Balanço final
Ficha técnica

Exterior

Pontuação 7/10

São 4,053 metros de comprimento e 1,75 metros de largura, sendo o Polo agora mais baixo. Contas feitas, são mais 81 mm no comprimento, mais 63 mm na largura e menos 7 mm de altura, face ao anterior modelo. Acabou a versão de três portas e no que toca ao estilo, é quase decalcado do Golf, nomeadamente a frente, mas com alguns pormenores que o diferenciam. Nomeadamente a linha de cintura e os vincos na lateral. Depois há os novos faróis e farolins, um pequeno friso colorido na grelha e nada mais em termos de decoração. Como sempre a Volkswagen a jogar pelo seguro sem grandes invenções. Esta versão Beats tem umas linhas com as cores da marca de material de som, o símbolo da mesma discretamente colocado no pilar das portas dianteiras e as soleiras das portas com a indicação Beats.

Interior

Pontuação 8/10

Olhando para o interior do Polo, fica a sensação de maior qualidade que anteriormente, mesmo que aqui e ali existam alguns plásticos duros. Que acabam esquecidos quando olhamos para a consola central e para o tablier onde está, a meio, um generoso ecrã com o sistema de conectividade, navegação (quando aplicável), enfim, tudo enquadrado num estilo que é conhecido de outros modelos da marca.

Porque a VW quer que o Polo dê o salto em frente rumo à liderança do segmento, até a versão da VW do Virtual Cockpit (denominado Active Info) está disponível como opcional, com um ecrã de 10,5 polegadas que ocupa o lugar dos convencionais instrumentos.

Espaço no interior não falta e quem tiver um Golf e tenha de “descer” até ao Polo, não se vão sentir acanhados. Claro que se levar consigo alguém com mais de dois metros de altura, sim, vai sentir dificuldades e se habitualmente anda com cinco pessoas no seu carro, a escolha terá de ser outra, pois no banco traseiro três não é uma multidão, mas o elemento do meio vai sofrer. Tudo cortesia de uma distância entre eixos com 2564 mm, ou seja, impressionantes 92 mm mais que na anterior geração.

O Polo sempre se destacou pelo foco em matérias que interessam, realmente, ao consumidor. Falamos da praticabilidade que no Polo é reforçada com o aumento da capacidade da mala para 351 litros, valor que incomoda modelos do segmento acima, sendo uma cifra que supera em 71 litros a anterior geração. O Golf, por exemplo, só tem mais 30 litros…

Equipamento

Pontuação 5/10  

O equipamento desta versão especial é… especial. Mas as opções são muitas e para lhe facilitar a vida, o mais fácil será visitar o configurador da Volkswagen aqui. Mas de série, o Polo Beats oferece duas entradas USB, jantes de liga leve de 16 polegadas, App Connect, ar condicionado manual, bancos dianteiros com regulação em altura, bancos dianteiros desportivos, carregamento por indução, fecho central com comando, sensores de luz e chuva, pacote Beats com sistema de som Beats. O Volkswagen Connect e volante multifunções em couro.

 

Consumos

Pontuação 5/10

A Volkswagen indica 5,5 litros como consumo médio, cifra que nunca consegui alcançar mês o com muito esforço. Contas feitas, com uma utilização normal, a média ficou-se pelos 7,5 l/100 km. Depois, com alguma tranquilidade, cheguei aos 6,8 l/100 km. Não é fantástico, mas uma média final de 7,2 l/100 km acaba por ser razoável.

Ao volante

Pontuação 8/10

Os utilitários não são os melhores carros para fazer longas viagens, porque são pequenos, menos refinados, menos confortáveis e os motores pequenos e asmáticos. Tudo balelas! Este Polo 1.0 TSI revelou-se refinadíssimo na autoestrada, com potência suficiente para manter um ritmo de cruzeiro aceitável e um conforto assinalável. A forma como assimila as irregularidades do piso, das junções, é de carro do segmento superior, o que deixa evidente o bom trabalho feito nas suspensões. As vias bem mais largas também ajudam á festa. Descontando algumas vibrações normais num carro deste segmento, o Polo impressiona.

Se é um amante da condução então o Polo é capaz de não ser a melhor opção. Não quer isto dizer que não pode andar depressa com o Polo. Pode e até exagerar em algumas situações, pois os níveis de aderência são interessantes e os movimentos da carroçaria são controlados, mas este VW é mais razão que emoção.

 

Concorrentes

Ford Fiesta

998 c.c. turbo a gasolina; 100 CV; 170 Nm; 0-100 km/h em 10,5 seg,; 183 km/h; 4,3 l/100 km, 97 gr/km de CO2; 19.476 euros (15.867 euros com campanha)

(Veja o ensaio AQUI e conheça todas as versões e motorizações AQUI)

 

Kia Rio

998 c.c. turbo a gasolina; 100 CV; 172 Nm; 0-100 km/h em 10,7 seg,; 188 km/h; 4,5 l/100 km, 102 gr/km de CO2; nd

(Veja o ensaio AQUI e conheça todas as versões e motorizações AQUI)

 

Hyundai i20

998 c.c. turbo a gasolina; 100 CV; 172 Nm; 0-100 km/h em 10,7 seg,; 188 km/h; 4,5 l/100 km, 102 gr/km de CO2; 20.510 euros (16.060 euros com campanha)

(Veja o ensaio AQUI e conheça todas as versões e motorizações AQUI)

 

Seat Ibiza

999 c.c. turbo a gasolina; 95 CV; 160 Nm; 0-100 km/h em 10,9 seg,; 182 km/h; 4,7 l/100 km, 106 gr/km de CO2; 19.877 euros

(Veja o ensaio AQUI e conheça todas as versões e motorizações AQUI)

 

Skoda Fabia

999 c.c. turbo a gasolina; 95 CV; 160 Nm; 0-100 km/h em 10,8 seg,; 184 km/h; 4,6 l/100 km, 106 gr/km de CO2; 18.976 euros

(Conheça todas as versões e motorizações AQUI)

Motor

Pontuação 7/10

Com 95 CV, o bloco 1.0 TSi serve que nem uma luva ao Polo. Consegue ser irrequieto, oferecendo uma boa dinâmica ao modelo, não é pisco a gastar gasolina, mas também não é beberrão e se gostar muito até pode escolher, entre os muitos opcionais, a caixa DSG de sete velocidades. De série, o Polo 1.0 TSI 95 CV tem uma caixa manual de cinco velocidades. Em utilização, o motor revela-se equilibrado e suficiente para rolar em autoestrada ou em cidade. Lamenta-se que o ruído do tricilindrico chegue ao habitáculo servido em doses exageradas. E essa é mesmo a maior crítica ao bloco do grupo VW.

Balanço final

Pontuação 8/10

O Polo tem o melhor nível de refinamento do segmento, não há volta a dar. É confortável, seguro, prático, espaçoso e, agora, consegue “conversar” com a estrada ajudado por uma suspensão muito bem calibrada, uma plataforma de qualidade e uma direção leve e precisa, mesmo que com alguma falta de sensibilidade. Quase parece um mini Golf! Esta versão Beats adiciona equipamento e um sistema de som que não é nada do outro mundo.

Ficha técnica

Motor

Tipo: 3 cilindros em linha, injeção direta e turbo

Cilindrada (cm3): 999

Diâmetro x Curso (mm): nd

Taxa de Compressão: 10,5

Potência máxima (CV/rpm): 95/5000 – 5500

Binário máximo (Nm/rpm): 175/2000 – 3500

Transmissão: dianteira com caixa manual de 5 velocidades

Direção: Pinhão e cremalheira assistida eletricamente

Suspensão (ft/tr): Duplo triângulo sobreposto/eixo torção

Travões (fr/tr): Discos ventilados/Discos

Prestações e consumos

Aceleração 0-100 km/h (s): 10,8

Velocidade máxima (km/h): 187

Consumos extra-urb./urbano/misto (l/100 km): 3,8/5,5/4,4

Emissões CO2 (gr/km): 101

Dimensões e pesos

Comprimento/Largura/Altura (mm): 4053/1751/1461

Distância entre eixos (mm): 2548

Largura de vias (fr/tr mm): 1499/1479

Peso (kg): 1070

Capacidade da bagageira (l): 355/1125

Deposito de combustível (l): 40

Pneus (fr/tr): 195/50 16

Preço da versão ensaiada (Euros): 19863€
Preço da versão base (Euros): 19863€