7 exemplos de carros do futuro

By on 13 Março, 2018

Por muito que hoje ainda nos cause alguma confusão, ou possa parecer algo estranho, a verdade é que o mundo automóvel está a caminhar para uma nova realidade, bem diferente daquela que conhecemos até aqui. Nesse novo ambiente automobilístico, uma grande diferença entre o passado e presente em relação ao futuro serão os carros autónomos. Em síntese, veículos que se guiam sozinhos, sem intervenção humana, e que já nem terão volante.

Quando essa for a realidade do nosso dia a dia, significa que o mundo evolui a um ponto em que os automóveis atingiram o nível cinco da condução autónoma. Este significa que o condutor deixa de ‘existir’, com o veículo a assumir total autonomia em todas as situações e passando a ser um transporte de passageiros. O ser humano deixa de precisar de estar habilitado a conduzir. Conheça 7 exemplos de como poderão ser os carros que no futuro serão o dia a dia, percorrendo a galeria em cima ou vendo os tópicos em baixo.

André Duarte

Hyundai Le Fill Rouge Vision Concept: revelado no Salão de Genebra deste ano, é um modelo que espelha a tendência de design de futuro da marca. Segundo a Hyundai, a base deste produto assenta nos conceitos de proporção, arquitetura, estilo, tecnologia e harmonia;

Icona Nucleus Concept: apresentado no Salão de Genebra deste ano, conta com o nível cinco de condução autónoma. Não tem por isso volante, banco do condutor ou pedais. É apelidado de “a mais recente sala de estar autónoma”. São 5,25 m de comprimento, 2,12 m de largura e 1,75 m de altura;

Lagonda Vision Concept: apresenta-se como a primeira marca de luxo com tecnologia exclusivamente assente em emissões zero. Este modelo em concreto surgiu no Salão de Genebra deste ano. É a materialização do conceito que a marca quer para o futuro, com propostas, ao mesmo tempo, luxuosas e económicas. Um cruzamento entre um modelo com raízes na atualidade e ao mesmo tempo um concept que aponta para as tendências de futuro;

Nissan IMx concept: é um crossover totalmente eléctrico com capacidade de condução autónoma e um alcance superior a 600 km. Tem dois motores eléctricos, um em cada eixo (tração integral), que garantem uma potência de 430 cv e um binário de 700 Nm;

Renault EZ-GO: é um modelo revelado no Salão de Genebra deste ano. No essencial, trata-se de, segundo a marca, “um robô-veículo elétrico, concebido para o transporte público ou particular na cidade”. Esta proposta revela também a tendência de futuro da marca no capítulo da mobilidade. Surge com o nível 4 de condução autónoma;

Volkswagen I.D. VIZZION: este modelo conta com 5,11 m de comprimento, 225 kW de potência, 180 km/h de velocidades máxima e 665 km de autonomia. Representa o futuro da marca no capítulo da mobilidade elétrica;

Volkswagen Sedric: um modelo que segundo a marca garante a mobilidade de todos os seus passageiros de forma segura, simples e sustentável. É um modelo que incorpora o nível 5 de condução autónoma, eletrificação e conectividade digital. A versão mais avançada do modelo foi apresentada no Salão de Frankfurt do último ano;

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!