ABS fez 40 anos e apareceu em 1978 no Mercedes Classe S

By on 1 Outubro, 2018

Aquele sistema que ajuda, e de que maneira, em situações de piso escorregadio ou em desatenções, escapar a um acidente pela capacidade que nos confere de nos desviarmos, fez 40 anos e apareceu pela primeira vez, claro, num Mercedes Classe S.

ABS. São estas as três letras mágicas – significam Anti Lock Brake ou anti bloqueio dos travões – que hoje existem, de série, em todos os carros e que já ajudaram a evitar milhares de acidentes. A historia deste sistema nasceu há 40 anos.

Entre os dias 22 e 25 de agosto, a Bosch em parceria com a Mercedes, apresentou o primeiro sistema ABS nas instalações da casa alemã em Unterturkheim. Estreia mundial que acabaria por vir revolucionar a condução e a ligação homem/máquina. Estava disponível no Mercedes Classe S (Série 116) a partir de dezembro de 1978.

O ABS foi revolucionário porque a era digital estava longe de começar no universo automóvel, permitia que os travões passassem a não ser encarados, apenas, como a função que permitia abrandar o carro e, finalmente, apontava para o que seria o futuro que temos hoje.

Deixemos que o texto da brochura da Mercedes editada há 40 anos nos exlique o que é o ABS.

“O sistema de anti bloqueio dos travões utiliza um computador para monitorizar a mudança na velocidade de rotação de cada roda durante a travagem. Se a velocidade diminui demasiado depressa (tal como sucede quando travamos numa superfície escorregadia) e há o risco da roda bloquear, o computador, automaticamente, reduz a pressão de travagem. A roda acelera novamente e a pressão dos travões aumenta uma vez mais, agora sim, travando a roda. Este processo é repetido as vezes que forem necessárias numa questão de segundos até levar á imobilização em segurança.”

Aquilo que poderia ser complicado de explicar, foi desta forma, simples e direta, desmontada por este texto publicado numa brochura da Mercedes de 1978.

Uma vez em utilização, aquilo que parecia ser quase impossível numa era onde o digital ainda não era uma realidade, acabou por se revelar algo tremendamente prático na realidade: mesmo em pisos como neve, gelo ou pisos molhados, o ABS funcionava e ajudava a controlar aquilo que era, praticamente, incontrolável. A verdade é que em todas aquelas condições e em travagens complicadas, continuava a ser possível usar a direção e evitar os obstáculos.

Parecia magia que, em 1978, era oferecido como opcional no Mercedes Classe S e custava 2.217,60 marcos alemães. Quase 4 mil euros! Em 1980, estava já disponível como opcional em todos os modelos fabricados pela Mercedes e a partir de 1992, o ABS passou a ser de série em todos os modelos da casa alemã. O ABS passou a ser obrigatório em todos os veículos automóveis, na Europa, desde 2004.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)