ACAP volta a alertar para a ausência de incentivos ao abate automóvel no Orçamento de Estado 2021

By on 26 Novembro, 2020

Tal como temos visto nas propostas aprovadas no Orçamento de Estado em 2021, o Governo aceitou documentos que, de um modo geral, não apoiam o setor automóvel, principalmente em depois de um ano 2020 onde se regista uma verdadeira crise graças ao covid-19. A Associação Automóvel de Portugal (ACAP) revelou-se “descontente e contesta a ausência de medidas que visem estimular o sector que, para além de bastante descapitalizado, registou, nos últimos 10 meses, quebras superiores a 35 por cento. A não implementação da proposta do incentivo ao abate de veículos em fim de vida – medida concretizada, em junho, por Espanha, França e Itália – é apenas uma das lacunas deste O”, que poderá colocar em causa a viabilidade do sector que representa oito por cento do PIB nacional”, afirma a ACAP em comunicado.

A associação refere ainda que a aprovação do corte nos incentivos fiscais aos veículos híbridos é “uma medida de extrema gravidade”. A ACAP defende que esta medida vai de encontra a política de descarbonização na União Europeia e compromete as metas de redução a que o setor automóvel está obrigado.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)